Tamanho do texto

Príncipe Harry colaborou com campanha para encher as arquibancadas da Paralimpíada do Rio, que começam dia 7 e vão até dia 18 de setembro

Príncipe Harry posa para fotos ao lado da medalhista paralímpica britânica Jessica-Jane Applegate nos Jogos de Londres
Reprodução
Príncipe Harry posa para fotos ao lado da medalhista paralímpica britânica Jessica-Jane Applegate nos Jogos de Londres

A campanha #FillTheSeats, em tradução literal "Encha as Arquibancadas", ganhou um reforço de peso: o Príncipe Harry. A iniciativa, que também contou com o apoio da banda Coldplay, trabalha junto à organização da Paralimpíada 2016 para comprar 10 mil ingressos para levar crianças brasileiras aos Jogos do Rio, que começam no próximo dia 07.

LEIA MAIS:  Por que atletas surdos não participam dos Jogos Paralímpicos?

O Príncipe Harry fez uma doação pessoal, de valores não revelados, para a campanha que até então havia arrecadado 53,7 mil dólares, aproximadamente R$ 175 mil, de uma meta de 300 mil dólares, ou R$ 976 mil.

Fã de esportes, o príncipe britânico é um grande incentivador das modalidades paralímpicas. Recentemente, ele deu início ao "Invictus Games" , competição com atletas com lesões que serviram à Grã-Bretanha. 11 deles estarão, inclusive, nos Jogos Paralímpicos do Rio.

Neto da Rainha Elisabeth e quarto na linha de sucessão do trono britânico, Harry se alistou às Forças Armadas britânicas no final de 2004, onde permaneceu até junho de 2015. Nesse período, ele serviu em duas missões no Afeganistão.

Sua relação com o Brasil vai além da campanha #FillTheSeats. Em 2014, Harry visitou o país em uma viagem de quatro dias. Suas atividades incluíram: visita à Cracolândia, em São Paulo, e plantio de árvores e visita a crianças carentes em Diadema, região do Grande ABC paulista, visita a um hospital e prática de canoagem em Brasília, e acompanhar a goleada do Brasil em cima da seleção de Camarões, por 4 a 1, no estádio Mané Garrincha, também em Brasília, em partida da Copa do Mundo.

Em sua despedida, o britânico fez um vídeo emocionado. "Chegou ao fim uma viagem de quatro dias no Brasil, onde tive momentos inacreditáveis. Muito obrigado por toda a hospitalidade e pelo carinho que todos deram para mim e para a minha equipe. Por visitar hospitais, florestas, pela visita a Diadema... Toda a viagem foi absolutamente maravilhosa. Encontrei todas aquelas crianças e a próxima geração de jogadores de futebol, foi realmente tocante. Me sinto muito comovido por ter passado esses quatro dias num país com pessoas tão apaixonadas. Com certeza vou voltar. Há dois anos estive no Rio e também quero conhecer o restante do Brasil. Obrigado pela recepção e vejo vocês em breve", disse.

Relembre:

Arquibancadas cheias

Além da campanha #FillTheSets, outra campanha de uma brasileira vai ajudar a ocupar os lugares vazios nas arquibancadas das arenas esportivas do Rio durante a Paralimpíada. A analista comercial Ana Júlia Rodrigues arrecadou R$ 20 mil  para levar crianças carentes aos Jogos.

Após início preocupante, a venda de ingressos decolou nos últimos dias e atingiu a marca de R$ 1,5 milhão vendidos , de um total de R$ 2,5 milhões disponíveis. Com as campanhas, como a apoiada pelo Príncipe Harry, e a adesão dos brasileiros aos Jogos, a Paralimpíada 2016 deve ter casa cheia na maioria das modalidades.