Tamanho do texto

Espírito paralímpico apresenta comportamentos comuns entre os atletas, que servem de lição e inspiração para pessoas com ou sem deficiência superarem os desafios do dia a dia

Superando desafios: treino da seleção de basquete em cadeira de rodas para os Jogos Paralímpicos 2016
Marcio Rodrigues/MPIX/CPB
Superando desafios: treino da seleção de basquete em cadeira de rodas para os Jogos Paralímpicos 2016

Os Jogos Paralímpicos já estão batendo à porta dos brasileiros. Com início marcado para o próximo dia 07 de setembro, o espírito paralímpico deve tomar conta do país e, especialmente, do Rio de Janeiro, até o dia 18 de setembro. Espírito paralímpico, aliás, que apresenta comportamentos comuns entre os atletas, que servem de lição e inspiração para pessoas com ou sem deficiência superarem os desafios do dia a dia.

VEM AÍ:  Amy Purdy, atleta biamputada, vai dançar na abertura da Paralimpíada

Dedicação, determinação e compromisso devem ser pré-requisitos básicos do sucesso, seja ele no esporte ou nas demais áreas. Para conseguir uma vaga nos Jogos Paralímpicos, por exemplo, eles são determinantes. A maioria dos atletas que competem hoje num evento paralímpico superaram não apenas os desafios acarretados pela prática esportiva, mas também qualquer barreira que os impeçam de chegar ao lugar que almejam.

Poucas pessoas conseguem demonstrar tanta força e determinação e é exatamente por isso que os paratletas são tão diferentes, e não 'especiais'. Especial é uma palavra que não deveria existir no dicionário paralímpico, porque nada se conquista nessa categoria por ser simplesmente 'especial'. O que se conquista no esporte paralímpico é fruto de muito trabalho. E esse deveria ser o espírito paralímpico adotado por quem deseja sucesso em absolutamente qualquer área da vida.

A Eventbrite, plataforma líder global em tecnologia para eventos , observou os atletas paralímpicos e destacou 10 comportamentos inerentes a eles e que servem para qualquer pessoa se manter motivada e aproveitar o espírito dos Jogos Paralímpicos para alcançar seus objetivos. Confira:

1. Visualize o sucesso

É uma tática simples, mas de acordo com os grandes atletas, é realmente eficaz. Imagine-se naquela tão desejada entrevista de emprego ou fechando um contrato de patrocínio, que é um verdadeiro sonho para o seu evento. Projetar essas ações na sua mente irá te ajudar a manter o foco e acreditar que é possível.

Quando você está trabalhando para alcançar um objetivo reserve cinco minutos do seu tempo para pensar sobre o momento atual. Pense sobre o que você vê, diz, e como sente - se você realmente mentalizar o cenário, o objetivo que tanto deseja ficará mais tangível. E uma vez que você começar a se sentir como um campeão passará a agir como um vencedor. 

2. Seja "dono" do seu objetivo

Quando você está cansado ou estressado e sente que as horas estão se arrastando, ao invés de continuar executando suas tarefas no piloto automático, é vital parar para se lembrar das razões pelas quais você está fazendo tudo isso.

E não é porque alguém te mandou fazer, por seu chefe, sua família ou coaching; você está fazendo isso por você. Esse é o SEU objetivo, aquilo que você quer alcançar e você está fazendo uma escolha consciente ao perseguir e lutar por esse sonho ou objetivo. Uma vez que você se lembrar disso e entender que ninguém está te forçando, você se sentirá mais motivado para enfrentar os desafios que encontrar pela frente.


3. Ame todo o processo, não apenas o resultado

Os atletas precisam encontrar motivação todos os dias para manter a rotina de treinos intensos e competir. Para isso, eles precisam ver o treinamento com amor - não importa o quão difícil seja - e amar o que fazem.

A lição que podemos tirar disso é que, aceitando de peito aberto o trabalho duro que fazemos, iremos encontrar a satisfação - o que fará com que todo o processo seja agradável, e muitas vezes, divertido. 

4. Avalie e reconheça seu progresso

Toda vez que você fizer algo que irá te aproximar do seu objetivo - mesmo que seja um pequeno passo - reserve uma pausa para reconhecer isso. Não deixe de vibrar por cada conquista. No fim do dia questione: "O que fiz de positivo hoje?"

Talvez você finalmente tenha recebido a confirmação de um palestrante de peso no seu evento ou a de que um super DJ tocará em sua festa. Reconheça as pequenas coisas todos os dias. Isso o ajudará a se sentir proativo e comprometido com o seu objetivo a longo prazo.

5. Seja otimista

Sendo otimista e acreditando que coisas boas estão vindo ao seu encontro pode dar mais motivação e perseverança. Por outro lado, se você deixar o pessimismo te dominar, dizendo por exemplo: "Isso nunca vai acontecer comigo, os ventos estão soprando contra mim", então você realmente terá mais chances de desistir.

Ter atitude positiva é uma característica nata dos campeões. O brasileiro Daniel Dias promete fortes emoções na natação. O atleta coleciona 10 medalhas Paralímpicas, conquistadas entre Pequim 2008 e Londres 2012.

6. Não se compare com os outros

Se os atletas focassem no sucesso de seus adversários seria muito desmotivador. A performance dos outros é algo que nós não temos controle, mas que podem influenciar a sua própria. Colocando todos os seus esforços em ser o melhor, sem ficar obcecado pelas habilidades dos outros envolvidos na competição, você permanecerá no controle.

Você pode e deve fazer o mesmo. Ao invés de focar no sucesso dos outros ou naquele evento que tem mais sucesso do que o seu, jogue os pensamentos que te fazem se sentir inferior para longe. O desempenho deles não é relevante para você. Comece a pensar como você pode vencer o jogo e observe a sua própria evolução.

7. Encontre o treinador que existe dentro de você

Grandes atletas não conquistam o sucesso sozinhos, eles contam com um exército de pessoas por trás, que incluem treinadores, fisioterapeutas, nutricionistas e outros especialistas. É todo esse suporte que os mantêm no caminho certo e os ajudam a ter motivação.

LEIA TAMBÉM:  Após acidente, Paralímpicos usam esporte como reabilitação e contra sedentarismo

Ter a sua própria rede de apoio, seja ela formada por sócios, colaboradores ou até mesmo amigos e familiares, é tão importante quanto uma equipe paralímpica. Tente envolvê-los na sua missão e peça apoio. Você também pode acelerar o passo e encontrar um mentor que possa ser seu coach e dar conselhos experientes que agregam valor à sua evolução.

8. Quebre seus objetivos em pequenos pedaços

Atletas aspirantes que sonham em um dia participar dos Jogos Paralímpicos não treinam apenas com esse objetivo em mente. Eles sabem que antes de conseguir chegar lá terão de ganhar competições menores que irão qualificá-los a participar das maiores e para estar entre os melhores.

Focando em uma competição de cada vez, ao invés do objetivo maior, fica mais fácil escalar a grande montanha. Da mesma forma acontece nos negócios e para outros objetivos de vida, você pode determinar objetivos menores e de curto prazo para tornar possível e palpável o sucesso ao longo do caminho, alimentando a sua vontade de querer cada vez mais.

9. Prepare sua mente para os desafios

Se você sabe que algo difícil se aproxima, não entre em pânico ou se estresse. Tenha controle da situação antecipando o desafio e planejando sua estratégia para lidar com ele.

Por exemplo, no atletismo a concentração é fundamental para não queimar a largada. No tênis de mesa, o foco no movimento da bola exige atenção e controle emocional para não deixar a pressão do placar virar o jogo. Ou seja, estar mentalmente preparado para desafios e até mesmo problemas, ajuda a lidar melhor com essas situações.

10. Desenvolva um ritual só seu

A maioria dos atletas tem um ritual pré-treino ou pré-competição que os ajuda a manter a calma e o foco no objetivo. Se você se encontra em uma situação estressante, como antes de uma entrevista de emprego ou de uma reunião importante, reserve um tempo para você, acalme-se e concentre-se no que realmente é importante e no que deve ser feito.

Pense positivo e no que você conseguiu realizar para chegar até ali e veja o lado positivo da situação para, de fato, superar os desafios.