Tamanho do texto

"Estamos planejando fazer nos dias 7 e 8 de setembro uma série de torneios para os atletas paraolímpicos do país", disse Vladimir Lukin, presidente do Comitê Paralímpico Russo

Vladimir Lukin, presidente do Comitê Paralímpico Russo, anunciou que será organizado torneios para os paraatletas do país que não poderão participar dos Jogos do Rio 2016, devido à punição por causa de envolvimento de grandes esportistas russos em escândalos de doping.

Prefeitura do Rio define datas de eventos pré-Paralimpíada

O banimento da delegação russa, anunciado no início deste mês pelo Comitê Paralímpico Internacionalm, forçou uma série de atletas a desistirem das disputas no Rio de Janeiro. Apesar disso, eles vão competir em setembro entre si, em torneios organizados pelo Comitê Russo.

Por conta de doping, a Rússia está banida dos Jogos Paralímpicos do Rio
Twitter/Reprodução
Por conta de doping, a Rússia está banida dos Jogos Paralímpicos do Rio

“Estamos planejando fazer nos dias 7 e 8 de setembro uma série de torneios para os atletas paraolímpicos do país nos centros de treinamento na região de Moscou”, disse Lukin, em entrevista à agência de notícias R-Sport.

A apelação ao Tribunal Arbitral do Esporte (TAS) não surtiu efeito e, ao contrário do que ocorreu nas Olimpíadas, disputadas em agosto, quando parte da delegação russa pode vir aos Jogos, os atletas paraolímpicos deverão ficar mesmo no país de origem.