Tamanho do texto

Brasil conquistou apenas uma medalha no sábado dos Jogos do Rio 2016, com Felipe Wu, no tiro esportivo

Estadão Conteúdo

É verdade que foram poucas as medalhas de ouro distribuídas neste primeira dia oficial de disputas - apenas 12 provas -, mas os torcedores viveram fortes emoções neste sábado. Melhor para a Austrália e para a Hungria, que despontaram na frente com duas medalhas de ouro cada. O Brasil, com a prata conquistada por Felipe Wu no tiro esportivo, está na 14.ª colocação de 20 países que já foram medalhados na Olimpíada.

Acompanhe o tempo real dos Jogos do Rio 2016

De forma até surpreendente por deixar potências como Estados Unidos e China para trás, a Hungria conseguiu suas medalhas de ouro em provas que tem tradição. Na natação, Katinka Hosszu destroçou o recorde mundial dos 400 metros medley para vencer. E na esgrima, na espada individual, Emese Szasz bateu a italiana Rossella Fiamingo.

Katinka Hosszú, nadadora da Hungria, conquistou ouro nos 400m medley e bateu recorde mundial
Reprodução/Twitter
Katinka Hosszú, nadadora da Hungria, conquistou ouro nos 400m medley e bateu recorde mundial

Já a Austrália teve êxito dentro da água no Estádio Aquático. No primeiro dia de provas da natação, o país já arrebanhou dois ouros. O primeiro com Mack Horton, que surpreendeu ao vencer o chinês Yang Sun (prata) nos 400 metros livre. Depois, o revezamento 4x100 metros livre feminino ganhou e ainda fez o novo recorde mundial.

Confira o quadro de medalhas do Rio 2016

Australianas ganham medalha no revezamento 4x100 livre
Divulgação/Rio 2016
Australianas ganham medalha no revezamento 4x100 livre

Logo atrás de australianos e húngaros está os Estados Unidos. A potência esportiva foi um dos três países que mais conquistou medalhas neste sábado - 5 no total. No entanto, só ganhou uma de ouro com - justamente a primeira do Rio-2016 - Virginia Thrasher na prova da Carabina de ar 10 metros feminino do tiro esportivo. As outras quatro foram de prata, sendo três na natação e uma no tiro com arco.

Leia:  Felipe Wu ganha prata no tiro e dá ao Brasil sua primeira medalha no Rio

As sete medalhas de ouro restantes do dia foram conquistadas por países diferentes - Coreia do Sul, Japão, Argentina, Bélgica, Rússia, Tailândia e Vietnã. Atrás deles, em 11.º lugar, está a China, outra potência esportiva, que ganhou duas pratas e três bronzes neste sábado.

Confira galeria do primeiro dia

Fora da meta estabelecida pelo Comitê Olímpico do Brasil (COB) - de terminar os Jogos no Top 10 -, o Brasil está em 14.º lugar com a prata de Felipe Wu na prova de Pistola de ar 10 metros masculino do tiro esportivo, a primeira da modalidade desde 1920. Uma causa para esse fracasso no primeiro dia foi a queda dos judocas Sarah Menezes e Felipe Kitadai, que há quatro anos, em Londres, haviam conquistado medalha.