Tamanho do texto

Del Nero se encontrou com os presidentes da Fifa e da Conmebo e dirigentes de clubes brasileiros. Ao final da reunião, não havia tempo para a viagem

Estadão Conteúdo

Marco Polo Del Nero e Gianni Infantino
Divulgação/Ricardo Stuckert/CBF
Marco Polo Del Nero e Gianni Infantino

O presidente da CBF, Marco Polo Del Nero, não estará nesta quinta-feira em Brasília para assistir à estreia da seleção brasileira na Olimpíada, em duelo com a África do Sul, marcado para o Mané Garrincha. A informação foi dada ao Estadão.com pelo secretário-geral da entidade, Walter Feldman.

Tempo real: Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro 04/08/2016 - dia 2

Pela manhã, o dirigente esteve reunido na sede da CBF com o presidente da Fifa, Gianni Infantino. Participaram do encontro cerca de 40 pessoas, entre elas o presidente da Conmebol, Alejandro Dominguez, dirigentes de clubes e de federações estaduais e diretores da CBF. Não foram revelados detalhes do que foi tratado.

Leia mais:  Pela primeira vez na história, mãe e filho vão disputar a mesma Olimpíada

O encontro terminou pouco antes do meio-dia e não haveria tempo hábil de deslocamento até a capital federal para o jogo com a África do Sul, que tem início previsto para as 16 horas. Mas Del Nero deverá comparecer à segunda partida da seleção, domingo, contra o Iraque, também no Maná Garrincha.

Veja também:  Djokovic enfrenta Del Potro na estreia; Veja duelos do Rio 2016

Foi a primeira visita de Infantino ao Brasil desde que foi eleito presidente da Fifa, em fevereiro. Em março ele esteve na América do Sul, foi à sede da Conmebol no Paraguai e visitou diversos países. Mas não esteve no Brasil. Na época, Del Nero estava licenciado da presidência da CBF, que era comandada pelo coronel Antônio Nunes, um dos vices da entidade.

    Leia tudo sobre: Futebol