Tamanho do texto

Esporte está no programa olímpico desde Los Angeles, em 1984, mas nenhuma brasileira chegou ao pódio. Estreia acontece dia 14 de agosto

Brasil disputará no Rio a prova em equipes do nado sincronizado pela primeira vez
Satiro Sodré / SSPress / CBDA
Brasil disputará no Rio a prova em equipes do nado sincronizado pela primeira vez

Os Jogos Olímpicos Rio 2016 começam - oficialmente - daqui a dois dias e as expectativas de medalhas brasileiras são grandes. No nado sincronizado, entretanto, a esperança é de uma quebra de tabu, já que desde que foi incluído no programa olímpico, em Los Angeles 1984, a modalidade nunca viu uma brasileira no pódio. Para que o sonho se torne realidade, a equipe já treina intensamente no Centro Aquático Maria Lenk, casa do nado, saltos ornamentais e polo aquático.

LEIA MAIS:  Saiba a história e outras informações sobre esta modalidade

As provas do nado sincronizado começam só no dia 14 de agosto, mas as brasileiras já estão na arena aquática do Rio (as provas de natação acontecerão em outro local) para entrar no clima olímpico e se familiarizar ainda mais com o local.

"A gente está "super feliz" por ter vindo mais cedo e já ter começado a sentir o clima dos Jogos. Treinávamos aqui, mas agora o clima é diferente. Além de estar mais bonito, brincamos que já tem cheiro de olimpíada. Os países ainda estão começando a chegar. O ambiente realmente inspira", afirmou Lara Teixeira, atleta mais experiente do Brasil.

Dueto brasileiro do nado sincronizado formado por Duda Miccuci e Luisa Borges farão a estreia no dia 14 de agosto
Satiro Sodré / SSPress / CBDA
Dueto brasileiro do nado sincronizado formado por Duda Miccuci e Luisa Borges farão a estreia no dia 14 de agosto

LEIA MAIS:  Centro Aquático Maria Lenk: faça um tour virtual pelo complexo do Rio 2016

As brasileiras estrearão nas Olimpíadas no dueto olímpico, com Duda Miccuci e Luisa Borges, dia 14 de agosto, às 11 horas, pela eliminatórias do dueto livre. A apresentação será a já conhecida da dulpa, chamada "Amazônia". A equipe estreará no dia 18 do mesmo mês, no mesmo horário na prova de equipe técnica. Na ocasião, as atletas irão se apresentar como "Motoqueiras".

"O Nado Sincronizado só começa o polimento somente bem perto das provas. Agora nós estamos acertando os últimos detalhes. Estamos nos pegando nos detalhes das mãos, expressões faciais se encaixando com as músicas, do que o geral", revelou Maria Clara Lobo Coutinho, mais nova da equipe.

ESTREIA DA EQUIPE

Com exceção de Lara Teixeira, que foi aos Jogos em Pequim 2008 e Londres 2012, as Olimpíadas do Rio marcarão a estreia olímpica de todas as atletas da seleção, inclusive, o País disputará a prova em equipes pela primeira vez. Maria Bruno, uma das mais experientes, falou sobre como está o ambiente olímpico.

LEIA MAIS:  Flechas, pau de selfie e bebidas. Veja o que está proibido no Rio 2016

"Eu adorei a Vila. Já tínhamos a experiência da Vila do Pan, mas de Olimpíada é a minha primeira vez. É muito maior, com muito mais gente circulando. Confesso que fiquei um pouco perdida no refeitório, mas acho que tudo está sendo muito bom", contou.

As competições do nado sincronizado nos Jogos do Rio acontecem entre os dias 14 e 19 de agosto, no Centro Aquático Maria Lenk, na Barra da Tijuca.