Tamanho do texto

Não haverá distinção pela cor da medalha - conquistar ouro, prata ou bronze renderá o mesmo valor aos atletas

Brasil subiu ao pódio 17 vezes em Londres 2012. Yane Marques foi bronze no pentatlo moderno
Arquivo iG
Brasil subiu ao pódio 17 vezes em Londres 2012. Yane Marques foi bronze no pentatlo moderno

Além de entrar para o seleto grupo de medalhistas olímpicos, o atleta brasileiro que subir ao pódio nos Jogos do Rio-2016 ganhará um reforço no bolso. O Comitê Olímpico do Brasil (COB) anunciou nesta sexta-feira uma premiação em dinheiro de R$ 35 mil para quem conquistar medalha em esportes individuais. Nos esportes coletivos, o prêmio será de R$ 17,5 mil para cada atleta.

LEIA MAIS:  Campeã olímpica, Sarah Menezes luta contra 'efeito sanfona' antes do Rio 2016

Não haverá distinção pela cor da medalha - conquistar ouro, prata ou bronze renderá o mesmo valor aos atletas. Assim, o comitê brasileiro age com o mesmo critério utilizado em sua meta de colocar o País no Top 10 do quadro de medalhas: a soma de pódios, e não a quantidade de ouros, que é como é feita a contagem oficial.

A premiação será bancada pelos patrocinadores do COB, a P&G, por intermédio da marca Gilette, e o Bradesco Seguros, que dará sua parte em planos de previdência privada. “Tenho certeza de que estas premiações serão um incentivo a mais para todos”, afirmou o presidente Carlos Arthur Nuzman.

LEIA MAIS:  Como Londres resolveu 5 problemas inesperados às vésperas de sediar Olimpíada

“O COB se empenhou para que essas ações fossem colocadas em prática, pois reconhecemos o intenso trabalho feito pelos atletas para representar o Brasil da melhor forma possível nos Jogos Olímpicos”, disse o dirigente.

O patrocínio para o pagamento de bonificação resolve um problema do COB. Como a maior parte dos recursos da entidade é oriunda de verba pública, havia um impedimento legal de oferecer premiação aos medalhistas. A última vez que isso aconteceu foi nos Jogos de Atenas-2004. Na ocasião, os recursos também vieram de um patrocinador privado.

LEIA MAIS:  Rio 2016: Abertura deve ter Fernanda Montenegro, Judi Dench e Mangueira

O anúncio desta sexta-feira veio antes da definição do “bicho” que será pago pela CBF aos jogadores da seleção masculina de futebol. A bonificação para eles deverá ser fechada neste sábado quando o presidente da entidade, Marco Polo Del Nero, se encontrará com o grupo em Goiânia, onde a seleção faz amistoso com o Japão. A expectativa é que a premiação que será oferecida pela CBF seja mais generosa, já que em Londres-2012 a promessa era de que chegasse a US$ 100 mil (R$ 325 mil) para cada jogador.

O prêmio destinado aos medalhistas pelos patrocinadores do COB será entregue no Espaço Time Brasil, montado pelo comitê em um shopping na Barra da Tijuca, a poucos quilômetros da Vila dos Atletas. O local será inaugurado na próxima quinta-feira e servirá como ponto de encontro diário para atletas e convidados.

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.