Tamanho do texto

Seguem na briga para a honraria nomes como Robert Scheidt, Pelé, Bernardinho, Maria Esther Bueno e Cesar Cielo

Estadão Conteúdo

Gustavo Kuerten, o Guga, pode acender a pira olímpica
Fotos Públicas
Gustavo Kuerten, o Guga, pode acender a pira olímpica


Um dos favoritos a ter a honra de acender a pira olímpica no próximo dia 5 de agosto, no Maracanã, no Rio, Gustavo Kuerten passou pelo principal "teste de fogo": ele não foi um dos carregadores durante a passagem da tocha olímpica pelo seu estado, Santa Catarina, local supostamente mais adequado para que ele participasse do revezamento.

Isso mantém ele como candidato a ser o responsável pelo acendimento da pira, uma vez que o Comitê Organizador do Rio-2016 já deu uma dica importante: quem já participou do revezamento não vai participar de novo. Se não foi "eliminado" em Santa Catarina, Guga deve seguir na disputa até a reta final do revezamento.

A lista já perdeu alguns dos favoritos. Vanderlei Cordeiro de Lima esteve no primeiro dia do revezamento, em Brasília. Emanuel campeão olímpico no vôlei de praia, carrega a tocha na quinta-feira, em Curitiba (PR). Oscar Schmidt também já teve a honra, em Natal (RN). Seguem na briga nomes como Robert Scheidt, Pelé, Bernardinho, Maria Esther Bueno e Cesar Cielo.

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.