Tamanho do texto

MVP das duas últimas temporadas da NBA, sendo que em uma delas por unanimidade, não virá ao Rio para se recuperar de lesões

Stephen Curry não disputará os Jogos do Rio com a seleção favorita ao ouro
Arquivo iG
Stephen Curry não disputará os Jogos do Rio com a seleção favorita ao ouro

Melhor jogador das últimas duas temporadas da NBA e caminhando para conquistar o bicampeonato pelo Golden State Warriors, Stephen Curry será uma ausência de peso nos Jogos Olímpicos do Rio. O armador anunciou na tarde desta segunda-feira que retirou seu nome da lista de convocáveis pela seleção norte-americana de basquete, alegando que precisa se recuperar das lesões que atrapalharam sua temporada.

"Após uma grande dose de pensamentos internos e diversas discussões com a minha família, com o Warriors e com meus representantes, eu escolhi retirar meu nome da lista de atletas elegíveis para a lista preliminar de convocados pelos EUA para os Jogos Olímpicos de 2016, no Brasil. Eu recentemente informei Jerry Colangelo sobre a minha decisão", revelou Curry, em comunicado. Colangelo é o diretor-técnico da federação norte-americana de basquete.

Leia

Warriors atropela Cavaliers com show de Green e abre 2 a 0 na final da NBA

Neymar encontra jogadores do Warriors e distribui camisas, assista

Curry não foi selecionado para a seleção norte-americana para os Jogos Olímpicos de Londres, em 2012, mas esteve presente na campanha do título mundial de 2014, sendo inclusive titular da equipe do técnico Mike Krzyzewski.

A tendência é que, no Rio, ele novamente fosse uma das estrelas do Dream Team. Mas a exigente campanha do Warriors na NBA, que fez do clube o recordista de vitórias em temporadas regulares, causou forte impacto no físico de Curry.

"Por causa de diversos fatores - incluindo recentes lesões no joelho e no tornozelo - eu acredito que essa é a melhor decisão para mim neste estágio da carreira. É uma honra incrível representar meu país e vestir 'EUA' no meu peito, mas meu objetivo primordial neste verão precisa estar focado no meu corpo, ficando pronto para a temporada 2016/17 da NBA", explicou o armador.

A lista de desfalques do Dream Team para a Olimpíada já tinha os ala-pivôs Blake Griffin (Los Angeles Clippers) e Anthony Davis (New Orleans Pelicans), os armadores John Wall (Washington Wizards) e Chris Paul (Los Angeles Clippers). Desses só Paul se retirou espontaneamente. Os demais sofreram lesões.

Para a posição de armador, o técnico Mike Krzyzewski, o Coach K, ainda tem à disposição Mike Conley (Memphis Grizzlies), Kyrie Irving (Cleveland Cavaliers) e Russell Westbrook (Oklahoma City Thunder), sendo os últimos dois os favoritos a serem convocados.

    Leia tudo sobre: nba