Tamanho do texto

CT de 2018 já tem a relação dos nomes para a próxima temporada; três atletas brasileiros caíram e são cinco novos canarinhos na elite do esporte

Gabriel Medina é o primeiro brasileiro a se tornar campeão mundial de surfe; feito aconteceu em 2014
WSL/ Kelly Cestari
Gabriel Medina é o primeiro brasileiro a se tornar campeão mundial de surfe; feito aconteceu em 2014

Estão definidos os nomes integrantes do Mundial de Surfe de 2018. Como regra da WSL , permanecem na elite os 22 primeiros colocados e assim, trocam os dez últimos pelos dez primeiros do ranking da divisão de acesso. Além disso, dois atletas ainda são beneficiados com wildcards para assim, se manterem no tour.

LEIA TAMBÉM: Saiba tudo sobre o surfe e estilo de vida do esporte

No ano de 2018, o surfe brasileiro vai contar com 11 representantes, dois a mais do que em 2017. Assim, se torna a nação com o maior número de atletas na elite do esporte. Com cinco novos nomes, as novidades ficam por conta de Jessé Mendes, Tomas Hermes, Yago Dora, Willian Cardoso e Michael Rodrigues.

Gabriel Medina, Adriano de Souza, Filipe Toledo, Caio Ibelli e Ítalo Ferreira se mantém no CT . Ian Gouveia, 23º colocado do ranking, recebeu ao lado do norte-americano Kelly Slater o wildcard e vai competir novamente no tour. No entanto, Miguel Pupo, Wiggolly Dantas e Jadson André estão fora e vão voltar às competições do Qualifying Series.

LEIA TAMBÉM: Neymar se revolta com notas no Mundial de Surfe e apoia o amigo Gabriel Medina

Veja a lista dos 34 surfistas do CT 2018:

22 primeiros colocados de 2017

John John Florence (HAV)
Gabriel Medina (BRA)
Julian Wilson (AUS)
Jordy Smith (AFS)
Matt Wilkinson (AUS)
Owen Wright (AUS)
Kolohe Andino (EUA)
Adriano de Souza (BRA)
Joel Parkinson (AUS)
Filipe Toledo (BRA)
Sebastian Zietz (HAV)
Mick Fanning (AUS)
Connor O’Leary (AUS)
Frederico Morais (POR)
Jeremy Flores (FRA)
Adrian Buchan (AUS)
Kanoa Igarashi (EUA)
Caio Ibelli (BRA)
Michel Bourez (PYF)
Conner Coffin (EUA)
Joan Duru (FRA)
Italo Ferreira (BRA)

10 primeiros colocados do QS

Griffin Colapinto (EUA)
Jesse Mendes (BRA)
Wade Carmichael (AUS)
Tomas Hermes (BRA)
Yago Dora (BRA)
Willian Cardoso (BRA)
Keanu Asing (HAV)
Ezekiel Lau (HAV)
Michael Rodrigues (BRA)
Patrick Gudauskas (EUA)

WSL Wildcards

Kelly Slater (EUA)
Ian Gouveia (BRA)

LEIA TAMBÉM: WLS divulga calendário 2018 do mundial de surfe; confira as mudanças do tour

Há ainda outros quatro surfistas alternantes e dois deles são brasileiros. São eles o sul-africano Michael February, o australiano Bede Durbidge e os canarinhos Miguel Pupo e Wiggolly Dantas.

O Mundial de Surfe de 2018 terá início em 11 de março e como de praxe, com a perna australiana. Os três primeiros eventos do ano vão acontecer na Oceania e depois seguem para Brasil, Indonésia, África do Sul, Taiti, Estados Unidos, França, Portugal e por fim, Havaí.

    Leia tudo sobre: surfe
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.