Tamanho do texto

Elite do esporte chegou à Califórnia para competição que antecede as três etapas finais da temporada, duas na Europa e a finalíssima no Havaí

Trestles é um dos picos mais famosos do mundo para a prática do surfe
WSL
Trestles é um dos picos mais famosos do mundo para a prática do surfe

A oitava etapa do circuito mundial de surfe começa nesta quarta-feira (6) em Trestles, no estado norte-americano da Califórnia. Trestles, inclusive, não é uma praia, nem uma cidade, mas sim uma coleção de surfe em San Clemente . Formada por cinco breaks, Cottons, Uppers, Lowers, Middles e Church, é em Lowers onde acontece o Hurley Pro.

LEIA TAMBÉM: Saiba tudo sobre o surfe e estilo de vida do esporte

Jordy Smith, atual líder do ranking da elite do surfe com 37.850 pontos é também o defensor do título da etapa, que tem janela de espera até o dia 17 deste mês. Além disso, o sul-africano venceu dois dos últimos três eventos em Trestles. Mas vai ter que brigar duro para poder se manter com a lycra amarela, já que apenas 950 pontos separam ele do vice John John Florence.

As baterias já estão definidas e logo de cara, um confronto inteiramente brasileiro. Adriano de Souza, Wiggolly Dantas e Miguel Pupo vão estrear o Hurley Pro em Trestles. Em seguida, mais dois brasileiros na água, Caio Ibelli e Jadson André com Julian Wilson. Ítalo Ferreira aparece na quinta bateria, seguido de Ian Gouveia e Gabriel Medina, na sexta e sétima, respectivamente. Filipinho Toledo fecha a participação dos canarinhos no primeiro round na nona disputa.

LEIA TAMBÉM: Filipe Toledo leva filha de 10 meses para pegar onda pela 1ª vez; assista

Baterias do Round 1:

1ª: Adriano de Souza (BRA) x Wiggolly Dantas (BRA) x Miguel Pupo (BRA)
2ª: Julian Wilson (AUS) x Caio Ibelli (BRA) x Jadson André (BRA)
3ª: Owen Wright (AUS) x Jeremy Flores (FRA) x Josh Kerr (AUS)
4ª: Matt Wilkinson (AUS) x Bede Durbidge (AUS) x Ethan Ewing (AUS)
5ª: John John Florence (HAV) x Ítalo Ferreira (BRA) x Hiroto Ohhara (JAP)
6ª: Jordy Smith (AFS) x Ian Gouveia (BRA) x Evan Geilseman (EUA)
7ª: Gabriel Medina (BRA) x Adrian Buchan (AUS) x Nat Young (EUA)
8ª: Joel Parkinson (AUS) x Conner Coffin (EUA) x Stuart Kennedy (AUS)
9ª: Filipe Toledo (BRA) x Joan Duru (FRA) x Leonardo Fioravanti (ITA)
10ª: Connor O'Leary (AUS) x Sebastian Zietz (HAV) x Kanoa Igarashi (EUA)
11ª: Kolohe Andino (EUA) x Frederico Morais (POR) x Jack Freestone (AUS)
12ª: Mick Fanning (AUS) x Michel Bourez (PYF) x Ezekiel Lau (HAV)

LEIA TAMBÉM: Piscina artificial de Slater vai receber evento com atletas da elite do surfe

Trestles
WSL
Trestles

Nunca um brasileiro da elite do surfe foi campeão em Trestles . Enquanto Jordy Smith venceu em 2014 e 2016, somente Kelly Slater subiu no topo do pódio em seis ocasiões (2005, 2007, 2008, 2010, 2011, 2012). Depois da Califórnia, os melhores surfistas do mundo vão em direção à Europa, onde competem na França e em Portugal.

    Leia tudo sobre: surfe
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.