Tamanho do texto

Com o brasileiro Ítalo Ferreira de fora da perna australiana por conta de uma lesão no tornozelo direito, a segunda etapa teve nova escalação de baterias

Gabriel Medina, campeão mundial de surfe em 2014
WSL/ Ed Sloane
Gabriel Medina, campeão mundial de surfe em 2014

Começa nesta nesta terça-feira (28) o Drug Aware Margaret River Pro, segunda etapa do mundial de surfe. Transmitido ao vivo pelo site da WSL, o evento na Austrália Ocidental começa às 7h da manhã da quarta-feira, mas por conta do fuso-horário, terá início às 20h do dia anterior no Brasil.

LEIA TAMBÉM: Saiba tudo sobre o surfe e estilo de vida do esporte

Com as contusões imprevisíveis do brasileiro Ítalo Ferreira e da australiana Laura Enever, as baterias da primeira fase foram modificadas. O potiguar estava escalado para a penúltima bateria contra Julian Wilson e Ethan Ewing, mas fora dos próximos dois campeonatos por conta de uma lesão, será substituído pelo norte-americano Nat Young. Já a sul-africana Bianca Buitendag completará a lista das mulheres da elite do surfe .

Com a nova relação, um confronto de surfistas paulistas acabou sendo formado na quinta bateria dos homens: Gabriel Medina e Wiggolly Dantas terão a companhia do líder do Qualifying Series, Jessé Mendes.

O primeiro brasileiro a entrar na água é Miguel Pupo, que enfrentará os locais Matt Wilkinson e Jack Freestone na terceira bateria. Depois do confronto brasileiro, Ian Gouveia aparece na sétima relação junto com Connor O'Leary e o campeão da primeira etapa do ano, Owen Wright.

A oitava bateria ainda conta com outros dois brasileiros, Caio Ibelli e Jadson André, que brigarão por uma vaga no segundo round junto com o experiente Joel Parkinson. Por fim, Adriano de Souza aparece no nono confronto e Filipinho Toledo no último, 12º heat.

LEIA TAMBÉM: Ítalo Ferreira arranca primeira nota 10 do ano pelo circuito mundial de surfe

Confira as baterias da primeira fase de Margaret River:

1ª: Kelly Slater (EUA) x Mick Fanning (AUS) x Leonardo Fioravanti (ITA)
2ª: Kolohe Andino (EUA) x Stuart Kennedy (AUS) x Ezekiel Lau (HAV)
3ª: Matt Wilkinson (AUS) x Miguel Pupo (BRA) x Jack Freestone (AUS)
5ª: Gabriel Medina (BRA) x Wigolly Dantas (BRA) x Jessé Mendes (BRA)
6ª: John John Florence (HAV) x Frederico Morais (POR) x Wildcard
7ª: Owen Wright (AUS) x Connor O'Leary (AUS) x Ian Gouveia (BRA)
8ª Joel Parkinson (AUS) x Caio Ibelli (BRA) x Jadson André (BRA)
9ª: Adriano de Souza (BRA) x Adrian Buchan (AUS) x Jeremy Flores (FRA)
10ª: Michel Bourez (TAH) x Conner Coffin (EUA) x Joan Duru (FRA)
11ª: Julian Wilson (AUS) x Josh Kerr (AUS) x Bede Durbidge (AUS)
12ª: Filipe Toledo (BRA) x Sebastian Zietz (HAV) x Ethan Ewing (AUS)

LEIA TAMBÉM: Três jovens promessas do surfe brasileiro para ficar de olho em 2017

O palco principal do Drug Aware Pro Margaret River Pro é Main Break, mas o evento também poderá acontecer em North Point ou nos temidos tubos de The Box. A janela de competição vai até 9 de abril pois no dia 12, se inicia a terceira e última etapa da perna australiana do mundial de surfe, o Rip Curl Pro Bells Beach.

    Leia tudo sobre: surfe