Tamanho do texto

Estrela do surfe mundial quer tornar sonho em realidade já no próximo ano

Gabriel Medina visita Vila Olímpica e se encontra com atletas brasileiros
Divulgação COB
Gabriel Medina visita Vila Olímpica e se encontra com atletas brasileiros

Uma das estrelas do surfe mundial, Gabriel Medina encontrou uma forma de retribuir tudo aquilo que o esporte lhe deu. Já em 2017, ele pretende escrever um novo capítulo de sucesso da Família Medina, com a inauguração do Instituto Gabriel Medina em um local que ele conhece muito bem: a Praia de Maresias, em São Sebastião, litoral norte de São Paulo.

VOCÊ VIU?  COI inclui surfe, caratê, beisebol, skate e escalada na Olimpíada de 2020

Em vídeo disponibilizado nesta sexta-feira (16), Gabriel Medina , seus pais, Charles e Simone, sua irmã, Sophia e seu tio, Jaime falam dessa nova etapa, que visa à formação de novos campeões nas ondas.

O Instituto Gabriel Medina terá a sua estrutura em Maresias, onde o primeiro brasileiro campeão mundial de surfe sempre morou e aprendeu a surfar. O projeto tem como proposta propiciar a mesma metodologia de treinamento de Medina aos novos talentos.

ACOMPANHE TAMBÉM:  Tempo real dos Jogos Paralímpicos Rio 2016

No total, serão 60 beneficiados, tanto no masculino quanto no feminino, em 336 metros quadrados de frente para o mar, incluindo academia para exercícios físicos, piscina, auditório, salas de aulas para ensino da língua inglesa e refeitório.

Além da proposta de preparar atletas para o alto rendimento, o Instituto Gabriel Medina vai oferecer a oportunidade de transformação social de jovens valores.

Confira o vídeo:

ELIMINAÇÃO DUVIDOSA?

O surfista brasileiro foi alvo de polêmica no último sábado (10), nos Estados Unidos, após reclamar de uma nota recebida na etapa de Trestles da Liga Mundial de Surfe. Medina se sentiu injustiçado por não bater nota 8,64, que seria suficiente para derrotar o americano Tanner Gadauskas na etapa.

O brasileiro conquistou em sua última bateria a marca de 8.30, quatro décimos abaixo da marca do adversário. Com isso, o campeão de 2014 saiu derrotado por 17.34 a 17.13. A nota deixou Medina revoltado, o que fez com que ele protestasse ainda na água, assim como inúmeros torcedores nas redes sociais .

Aos 20 anos, Gabriel Medina, tornou-se um fenômeno quando conquistou o Mundial de Surfe em 2014. Além da conquista, ele cravou seu nome na história do esporte, com feitos como o primeiro brasileiro a vencer o Mundial de Surfe e o mais brasileiro mais jovem a integrar o grupo da ASP World Tour (WCT).


    Leia tudo sobre: surfe