Tamanho do texto

Recentemente, o ex-número 1 do mundo caiu para a posição 1005 no ranking mundial

Tiger Woods está livre de dores e voltará a competir no golfe profissional
Divulgação
Tiger Woods está livre de dores e voltará a competir no golfe profissional

Há quase um ano afastado do esporte profissional, o golfista norte-americano Tiger Woods vai voltar a disputar uma competição. O ex-número um do golfe mundial, de 41 anos, jogará o Hero World Challenge, que será realizado entre os dias 30 de novembro e 3 de dezembro em Bahamas, no Caribe.

Leia também: Robinho é condenado a 9 anos de prisão por violência sexual; jogador nega

De acordo com o atual número um do golfe e organizador do campeonato, Jason Day, Tiger Woods está pela primeira vez em três anos sem dores. "Neste campeonato, Woods não terá nenhuma pressão sobre ele, pois haverá apenas 18 jogadores. Ele me disse que voltou a bater a bola com a força de antes", disse o golfista australiano.

Leia também: Justiça da África do Sul aumenta pena de Oscar Pistorius por assassinar namorada

O último torneio disputado por Woods foi em fevereiro, nos Emirados Árabes Unidos, mas ele abandonou a competição por não ter suportado suas dores nas costas.

Leia também: Jogadores de futebol que ficaram marcados por se envolverem em polêmicas

Woods viu sua carreira entrar em declínio em 2009, após a revelação de que havia traído sua esposa na época, Elin Nordegren, com várias mulheres. Recentemente Woods caiu para a posição 1005 no ranking mundial.

Nudes vazados

Recentemente o golfista se transformou em mais vítima de fotos comprometedoras na internet. Ele teve suas fotos vazadas em um conhecido site que divulga celebridades nuas e ameaçou abrir um processo caso as imagens não sejam retiradas do ar. De acordo com o "TMZ", o celular da ex-namorada do atleta, Lindsey Vonn, foi hackeado e era lá onde as fotos estavam.

Lindsey Vonn e Tiger Woods têm fotos vazadas
Reprodução
Lindsey Vonn e Tiger Woods têm fotos vazadas

Os  nudes  foram divulgados pouco tempo depois de Woods ser confirmado com cinco substâncias proibidas no sangue, quando foi detido pela polícia da Flórida em maio deste ano. Embora seja apenas uma foto do golfista, a ex-namorada, que é esquiadora, foi a maior prejudicada, tendo 22 imagens divulgadas no total.

"Roubar e publicar ilegalmente fotos íntimas é uma invasão escandalosa e desprezível de privacidade para qualquer pessoa. Lindsey vai tomar todas as ações legais necessárias e apropriadas para proteger e fazer valer seus direitos e interesses. Ela acredita que os indivíduos responsáveis por piratear suas fotos particulares, bem como os sites que incentivam este tipo de conduta, devem ser processados na medida máxima sob a lei", afirmou a porta-voz de Lindsey Vonn, ex-namorada de Tiger Woods. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.