Tamanho do texto

Na manhã deste domingo (17), a dupla Camila e Alice faturou o bronze no trampolim sincronizado na etapa de Baku da Copa do Mundo da modalidade

Camila e Aline ficaram com a medalha de bronze na Copa do Mundo de Ginástica de Trampolim, na modalidade sincronizado
Divulgação/ CBG
Camila e Aline ficaram com a medalha de bronze na Copa do Mundo de Ginástica de Trampolim, na modalidade sincronizado

A Ginástica de Trampolim do Brasil conseguiu um ótimo resultado neste domingo (17), na final do Trampolim Sincronizado da etapa de Baku, Azerbaijão, da Copa do Mundo da modalidade.

Leia também:  Etíope de 19 anos bate recorde mundial nos 1.500m indoor; leia mais

Com as melhores avaliações de execução (8,450) e sincronização (18,24) na final, Camilla e Alice atingiram a nota total de 46,790 e ficaram com a medalha de bronze, inédita no país para a modalidade de ginástica de trampolim.

A dupla de Belarus (Valiantsina Bahamolava e Anhelina Khatsian) ficou com o ouro após alcançar a nota de 47,420, já a dupla australiana (Kira Ward e Eva Kierath) levou a prata com 46,950.

No sábado as  brasileiras tinham avançaram para a final do Trampolim Sincronizado após ficar na oitava colocação no qualificatório, com a nota 86,380. No mesmo dia elas também participaram do qualificatório do Trampolim Individual, mas não conseguiram vaga na final. 

“Embora o foco para esta etapa tenha sido no Trampolim Individual, sabíamos que elas tinham condições de lutar por uma medalha. Elas competiram muito bem hoje”, afirmou Tatiana Figueiredo, técnica e coordenadora da CBG (Confederação Brasileira de Ginástica).

“Este resultado é muito importante, pois ganhamos reconhecimento e mostramos que temos condições de estar entre os melhores do mundo”, afirmou a técnica.

Leia também:  Em jogo comemorativo, Sir. Alex Fergunson voltará a comandar o United

A dupla formada por Camila e Alice se classificou para a final no Mundial de Ginástica de Trampolim
Divulgação/ CBG
A dupla formada por Camila e Alice se classificou para a final no Mundial de Ginástica de Trampolim

A partir deste ano, as etapas da Copa do Mundo passaram a ter uma importância ainda maior, pois contam pontos para o ranking olímpico que ajudará a definir os classificados para a Olimpíada de Tóquio-2020.

Apesar da prova do Trampolim Sincronizado não fazer parte do programa olímpico – e com isso não contar pontos para o ranking individual que definirá as vagas para a Olimpíada de Tóquio-2020, o desempenho da dupla brasileira foi muito comemorada.

Leia também:  Ex-goleiro Jefferson revela ter sido barrado na seleção sub-20 por ser negro

A próxima competição que deverá contar com a presença da Ginástica Brasileira de Trampolim será a etapa da Copa do Mundo em Minsk (Belarus), nos dias 20 e 21 de abril.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas