Tamanho do texto

Engajamento do público nas redes sociais e a comida preferida pelos americanos para acompanhar o jogo. Veja algumas particularidades

No próximo domingo, dia 5 de fevereiro, New England Patriots e o Atlanta Falcons se enfrentam no esperado Super Bowl 51, a grande final da NFL, que é sucesso no mundo todo, inclusive na internet. Para entender o impacto e o comportamento dos espectadores, a equipe da ADI (Adobe Insights Digital) fez a análise de alguns dados e levantou 10 curiosidades.

LEIA MAIS: De onde vem o nome "Super Bowl"? Veja curiosidades sobre a final da NFL

As informações abaixo sobre o Super Bowl são agregadas e anônimas, além de números e dados de fontes externas para proporcionar uma visão geral do megaevento.

Cobiçado trofeu do Super Bowl
Divulgação
Cobiçado trofeu do Super Bowl

Confira as curiosidades

1 - Os fãs da NFL se preparam antes do grande jogo, mas a grande fatia de vendas acontece nos dias após a partida. De acordo com a ADI, a quantidade de produtos da competição vendidos teve um aumento de 19% antes da grande final de 2016 e de 104% após o jogo;

2 - Ao monitorar a movimentação social antes do duelo, o estudo descobriu que o número médio de menções em redes sociais dobrou (duas vezes mais) quando o Dallas Cowboys jogou contra o Green Bay Packers, no dia 15 de janeiro. Uma média de 48,5 milhão espectadores sintonizados - 35% superior à média divisional;

LEIA MAIS: Anel de campeão do Super Bowl ajuda na vida de 24 crianças na Tailândia

3 - Comerciais de 30 segundos para o primeiro Super Bowl, em 1967, custavam meros 42 mil dólares, mas essa média ultrapassou a marca de 1 milhão de dólares em 1995 e chegou ao valor recorde de 4,5 milhões de dólares em 2015. Já em 2016, a CBS cobrou 5 milhões de dólares pelos anúncios, ou seja, 166,6 mil dólares por segundo;

Tom Brady será o grande astro da final da NFL
Divulgação
Tom Brady será o grande astro da final da NFL

4 - As menções da NFL em redes sociais tiveram uma queda de 6% com relação à temporada anterior. No entanto, de acordo com a pesquisa, as menções durante os playoffs chegaram a 6,2 milhões, a colocando quase lado a lado com a temporada anterior, que teve um forte movimento social por causa da aposentadoria de Peyton Manning;

5 - Apesar do futebol americano ser de grande interesse nos EUA, há também muitos fãs na Europa. O sentimento geral continua a ser positivo no exterior, mas as menções tiveram uma queda de 15% desde o ano passado;

LEIA MAIS: Anel de campeão do Super Bowl ajuda na vida de 24 crianças na Tailândia

6 - As vendas online de asinhas de frango aumentaram 40% no fim de semana do Super Bowl de 2016, em comparação com um fim de semana normal. Surpreendentemente, as vendas de pizza tiveram um crescimento de apenas 4%. Sendo que asinhas de frango sabor picante fazem mais sucesso entre os americanos, ficando à frente dos sabores buffalo e barbecue;

7 - Uma pesquisa com cerca de 1.600 telespectadores da grande final do último ano constatou que os cinco anunciantes de primeira viagem viram efeitos de antes e depois do duelo. A "ascensão média da marca" - definida da seguinte forma: 12,7% espectadores reconheceriam mais os anunciantes depois de seus primeiros anúncios do Super Bowl;

8 -O  custo médio de um  ingresso para o Super Bowl é de 3,2 mil dólares, em 30 de janeiro de 2017;

Super Bowl é sucesso de audiência na TV
Site oficial
Super Bowl é sucesso de audiência na TV

9 - "O sucesso dos anúncios da final da NFL também pode ser medido por meio do humor transmitido durante as campanhas publicitárias dos intervalos." Segundo a Ace Metrix, anúncios típicos de TV geram boas risadas cerca de 20% do tempo; no megaevento, esse índice chega a mais de 50%;

10 - 78% dos fãs vão se manter ativos nas redes sociais durante o Super Bowl. O Facebook é a plataforma mais popular, seguido pelo Twitter, Instagram e Snapchat. As principais postagens referem-se à publicação de pensamentos sobre os comerciais (38%) e a reações com a partida (32%).

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.