Jornalista é suspenso após xingamento
Reprodução
Jornalista é suspenso após xingamento

A ESPN Americana suspendeu o famoso colunista e repórter, Adrian Wojnarowski, depois que ele xingou o senador dos Estados Unidos, Josh Hawley, por e-mail.

A atitude da emissora provocou uma grande controvérsia, especialmente nas redes sociais. Assim que as notícias sobre a suspensão foram disseminadas, diversos jogadores da NBA se pronunciaram no Twitter em apoio ao jornalista, com a hashitag “#FreeWoj”.

O e-mail, enviado da conta profissional de Wojnarowski, foi uma resposta a um comunicado do senador, anunciando que ele havia enviado uma carta ao comissário da NBA, Adam Silver, denunciando o relacionamento da liga com a China e a acusando de censurar o apoio à aplicação da lei e às forças armadas. O release enviado questionava o porquê de “Free Hong Kong” não estar na lista de frases permitidas nas camisas dos jogadores, dizendo que “a livre expressão parece ir até o limite da sensibilidade de seus patrocinadores”.

Em resposta, o jornalista escreveu 'Vai se fu...”


Logo depois, Wojnarowski soltou um pedido de desculpas, chamando sua resposta de "desrespeitosa", "um erro lamentável" e "inaceitável". “Eu fui desrespeitoso e cometi um erro lamentável. Me desculpo pela forma como me comportei e estou entrando em contato imediatamente com o Senador Hawley para me desculpar diretamente. Também preciso me desculpar com meus colegar da ESPN porque sei que minhas ações foram inaceitáveis e não deveriam refletir em qualquer um deles”, disse.


A ESPN também soltou uma nota condenando a atitude do repórter e esclarecendo que o assunto seria tratado internamente. “Isso é completamente inaceitável e nós não aprovamos. É imperdoável para qualquer um que trabalhe para a ESPN responder da forma que Adrian respondeu ao Senador Hawley. Estamos tratando diretamente com Adrian e especificidades dessas conversas permanecerão internas”, disse o comunicado.



Ainda não se sabe se o jornalista seguirá na emissora ou quanto tempo demorará a suspensão.



    Leia tudo sobre: NBA

    Veja Também

      Mostrar mais