Jogador disse que usaria a mensagem
Reprodução
Jogador disse que usaria a mensagem

A principal estrela do Memphis Grizzlies , Ja Morant , causou polêmica ao dar a entender que usaria uma mensagem contra a polícia em sua camisa durante os jogos da NBA . O jogador endossou a ideia lançada por um portal dos EUA.

A iniciativa do jogador do Grizzlies faz parte do projeto no qual a NBA está trabalhando para permitir que os jogadores substituam seus nomes nas camisas pelo lema que desejarem, dando lugar às reivindicações antirracistas que muitos defenderam, principalmente após a morte de George Floyd.

Leia mais: Torcedores do Liverpool usam droga em quepe de policial. Veja vídeo!

Morant, por sua vez, disse que optaria por usar a palavra “Fuck” acima do número, 12, que é o que identifica a força policial nos Estados Unidos.

Horas depois de postar uma mensagem de apoio a ideia, o próprio Morant se desculpou nas redes sociais e acabou excluindo o que tinha escrito.

"Primeiro, quero me desculpar por republicar algo que não transmitia, de forma clara, o que queria compartilhar", escreveu ele. “Minha postagem pretendia focar nos maus policiais que assassinam homens e mulheres negros, desarmados e naqueles que continuam a assediar manifestantes pacíficos. Eu sei que existem bons policiais. Conheço alguns. Sou grato aos policiais do estado de Murray que cuidaram de mim. Precisamos de bons policiais para dar um passo à frente e garantir que outros não abusem de seu poder", acrescentou.

    Veja Também

      Mostrar mais