Gui Khury
@wilhelmvisualworks
Gui Khury

O fenômeno brasileiro do skate, Gui Khury, novamente fez história no X Games, que está realizando sua primeira etapa do ano em Chiba, no Japão.

Na madrugada desta sexta-feira (22), com uma performance de arrancar gritos dos espectadores, no skate vertical, o jovem skatista demonstrou vasto reportório de manobras, aplicando o 540º, 720º e um 900º.

Suas boas manobras lhe garantiram o terceiro lugar no maior campeonato de esportes radicais do planeta, além de mais um recorde: o skatista mais jovem do vertical a ganhar uma medalha, com 13 anos e 4 meses.

Em 2021, Gui já havia feito história no X-Games, conquistando três recordes mundiais no Guiness: 1º como atleta mais jovem a participar da competição, o
2º por ser o mais jovem a ganhar medalha de ouro no X-Games e o 3º por ser
o primeiro a dar a manobra 1080º em uma competição. Na ocasião, o jovem foi
abraçado pela lenda do skate, Tony Hawk.

Leia Também

O garoto prodígio ainda tem mais uma modalidade para participar, a prova de Best Trick - Melhor Manobra, no skate vertical, que acontece neste sábado (22). Gui será o único brasileiro a participar dessa prova.

Gui Khury nasceu para ser um fenômeno no esporte e, desde cedo, a vida o levou para as pistas de skate. Com apenas 5 anos, ele já impressionava mostrando habilidade e coragem para encarar manobras de “gente grande”, fazendo altos aéreos e giros em mega rampas. Hoje, com 13 anos, o menino prodígio coleciona feitos inéditos, recordes mundiais certificados pelo Guinness World e é a maior promessa para o futuro do skate masculino.

Em julho do ano passado, Gui fez história ao ser o primeiro skatista a completar, em um campeonato, o 1080° - três giros completos no ar – em uma pista vertical, e o mais jovem atleta a ganhar medalha de ouro no XGames, a maior e mais conceituada competição de esportes radicais. O feito também superou o recorde do americano Tony Hawk, conhecido como a lenda do skate e entrou para o livro dos recordes de 2022.

Ao todo, Gui coleciona três recordes no Guiness World Records: um por ser o atleta mais jovem do XGames, outro por ser o primeiro skatista a realizar a manobra 1080, no vertical, e o mais recente, por ser o medalhista de ouro mais jovem dos X-Games (masculino). Os recordes foram alcançados em sequência, um a cada ano. Já em 2022, Gui Khury foi convocado pela primeira vez para integrar a Seleção Brasileira Júnior de Skate e representar o país na temporada.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários