Rayssa Leal fatura Lake Havasu
Reprodução/Instagram
Rayssa Leal fatura Lake Havasu

A evolução de Rayssa Leal (veja fotos na galeria abaixo) fica evidente a cada exibição no Mundial de skate street. Se a palavra emoção ditou o ritmo da competição na primeira etapa da SLS, a segunda pode ser resumida em dominância. Líder e sem dar chance para as adversária, a maranhense de 13 anos dominou a etapa de Lake Havasu para ficar com o bicampeonato.


De quebra, mais uma vez fez história em sua curta carreira: também campeã em Salt Lake City, agora é a primeira mulher a vencer duas etapas da SLS no mesmo ano na história.

Para completar a festa, a Fadinha está garantida matematicamente na final do Mundial — o Super Crown Championship, que será disputado em Jacksonville daqui a duas semanas. Com a pontuação já obtida, ela não precisará disputar a fase de classificatória.

— Esse troféu é para meus amigos, meu irmão e para os meus pais! — respondeu tímida ainda na pista.

Leia Também

Leia Também

Também finalistas em Lake Havasu, Pâmela Rosa ficou na quarta colocação e Gabriela Mazetto, que voltou ao circuito após ser mãe, terminou em quinto. Letícia Bufoni e Marina Gabriela caíram nas semifinais.

Rayssa mostrou que viria para conquistar o título desde o início da etapa. Tanto que só ficou atrás da japonesa Funa Nakayama na pontuação nas duas primeiras notas — a volta de aberta e a primeira manobra. Dali em diante, emendou manobras com perfeição e assumiu a ponta para não soltar mais.

O único susto aconteceu no momento chave do torneio. Na segunda manobra do last trick, um adicional de duas tentativas para as skatistas melhorarem as suas notas, a também japonesa Momiji Nishiya conseguiu a maior nota do evento (8.0) e passou momentaneamente Rayssa.

Porém, a sua consistência no evento foi decisiva. Bastava executar uma manobra relativamente tranquila — acertou um kickflip backside 50-50 — para ficar com o título. Assim foi feito.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários