Jornalista Hildázio Santana foi demitido da TV Bahia
Reprodução / Instagram
Jornalista Hildázio Santana foi demitido da TV Bahia

Demitido na última semana da TV Bahia, afiliada da Rede Globo, onde atuava na área de esportes, o jornalista Hildázio Santana disse ter sofrido racismo ao ser desligado da empresa. Ele revelou ter sido acusado pelo diretor de jornalismo Eurico Meira da Costa de roubar uma máquina de café.

(Veja abaixo galeria de fotos do jornalista)


"O Eurico me colocou dentro de uma sala. Tentou me desligar por justa causa, me coagiu, me julgou, e no final me puniu com um desligamento da empresa. Me acusou da 'subtração' de um equipamento de café", escreveu Hildázio em uma rede social.

Leia Também

"Retirei uma cafeteira pequena de uma sala e coloquei em outra sala. A cafeteira não saiu da TV Bahia, continua lá até hoje. No dia seguinte, fui chamado pelo diretor de jornalismo porque as imagens mostravam eu saindo com o equipamento de uma sala para outra. Não coloquei dentro de sacola, nem de mochila, nem embaixo da camisa. Saí com ela nas mãos e por onde passei existiam câmeras mostrando tudo. Há quase dez câmeras de uma sala para outra", justificou.


Em conversa com o "UOL", o jornalista voltou a enfatizar que a conversa com o diretor teve tom ameaçador.

"A conversa desde o início foi em tom de ameaça. Contaram sobre a cafeteira e me deram duas opções: ou era demitido por justa causa ou pedia demissão. (Falaram) para o assunto não vazar e questionei: 'vazar o quê?'. Naquela noite, ele queria me demitir por justa causa, mas pela manhã, mudaram para desligamento", afirmou.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários