Kyrie Irving
Reprodução / Instagram
Kyrie Irving

A novela de Kyrie Irving (confira galeria abaixo) junto ao Brooklyn Nets ganhou um novo episódio. A equipe da NBA tinha a esperança de que o jogador mudasse de ideia e tomasse a vacina contra a Covid-19. Mas, segundo o repórter Adrian Wojnarowski, da ESPN americana, o panorama mudou e o futuro de Kyrie segue incerto, pois a franquia ainda não decidiu se o acomodará com um contrato de meia-temporada.


Na última terça-feira, o jogador já ficou fora dos treinamentos do Nets justamente por não ter sido vacinado, afinal, a cidade de Nova York exige que as pessoas tenham tomado pelo menos uma dose da vacina para poder participar de eventos em locais fechados. Então enquanto não se vacinar, o armador não poderá participar de jogos e treinamentos da equipe em Nova York. 

Ainda segundo Wojnarowski, caso a situação continue desta forma, a permanência de Kyrie Irving no Nets não é garantida, o que pode levar a equipe a tomar "decisões difíceis" sobre o futuro do jogador na franquia. Por esses motivos, o Brooklyn já se prepara para montar sua equipe em torno de James Harden e Kevin Durant.

A ESPN americana divulgou que a NBA e o sindicato dos jogadores chegaram a um acordo para reduzir o salário anual dos atletas a cada jogo perdido devido aos protocolos de vacinação. Para Kyrie Irving, essa redução representaria algo em torno de US$ 380 mil por jogo que não puder atuar.

As estrelas da NBA voltam às quadras para o início da temporada regular em 19 de outubro, dia em que o Brooklyn Nets enfrentará o Milwaukee Bucks de Giannis Antetokounmpo. Também no dia 19, o Los Angeles Lakers entra em quadra para enfrentar o Golden State Warriors.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários