Brasil encerra Jogos Paralímpicos de Tóquio na 7ª posição no quadro de medalhas
Foto: Alê Cabral/CPB
Brasil encerra Jogos Paralímpicos de Tóquio na 7ª posição no quadro de medalhas


O Brasil encerrou participação nos Jogos Paralímpicos de Tóquio neste domingo e terminou a competição na sétima colocação no ranking de medalhas (72). Com 22 ouros, 20 pratas e 30 bronzes, igualou a marca conquistada em Londres 2012, quando também terminou na 7ª posição.

No entanto, o saldo é melhor que há nove anos na Inglaterra. Na oportunidade, o Brasil somou apenas 43 medalhas, sendo 21 de ouro, 14 de prata e oito de bronze. Para tomar o sexto lugar da Ucrânia, a delegação brasileira teria que ter conquistado três ouros a mais em Tóquio.

As 72 medalhas igualaram o número obtido na Rio 2016, mas o Brasil somou mais medalhas de ouro em Tóquio e bateu o recorde da Londres 2012. A última medalha brasileira dos Jogos Paralímpicos de 2020 foi conquistada por Alex Douglas, que ficou na segunda colocação da maratona atlética.

Veja como ficou o Top-10 do quadro de medalhas em Tóquio:
1º China - 207 (96 ouros, 60 pratas e 51 bronzes)
2º Grã-Bretanha - 124 (41, 38 e 45)
3º Estados Unidos - 104 (37, 36 e 31)
4º Comitê Paralímpico Russo - 118 (36, 33 e 49)
5º Holanda - 59 (25, 17 e 17)
6º Ucrânia - 98 (24, 47 e 27)
7º Brasil - 72 (22, 20 e 30)
8º Austrália - 80 (21, 29 e 30)
9º Itália - 69 (14, 29 e 26)
10º Azerbaijão - 19 (14, 1 e 4)

Confira o número de medalhas brasileiras por cada Paralimpíada:
Heidelberg 1972 - 0
Toronto 1976 - 1
Arnhem 1980 - 0
Stoke/Nova York - 28
Seoul 1988 - 27
Barcelona 1992 - 7
Atlanta 1996 - 21
Sydney 2000 - 22
Atenas 2004 - 33
Pequim 2008 - 47
Londres 2012 - 43
Rio 2016 - 72
Tóquio 2020 - 72

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários