Daffney Unger
Instagram
Daffney Unger

A lutadora Shannon Spruill, mais conhecida como Daffney Unger, foi encontrada morta em sua casa em Atlanta poucas horas após causar um grande alarme com declarações estranhas nas redes sociais.

Ela, que se tornou famosa no final dos anos 90 e no início dos anos 2000 por sua aparência e maquiagem no World Championship Wrestling (WCW), iniciou um vídeo ao vivo no Instagram no qual se desculpou repetidamente. Também mencionou que estava sozinha e estava segurando uma arma.

Diante do fato, o lutador Mick Foley pediu imediatamente ajuda no Twitter, após ela "ameaçar se machucar", embora suas tentativas de contato com a lutadora tenham fracassado e o triste desfecho tenha ocorrido.

Após a confirmação da morte, Foley escreveu uma extensa carta em seu perfil no Facebook na qual ele fala sobre os problemas de saúde mental que Daffney teve até o dia de sua morte: "Acho que todos nós compramos tanto sua personalidade que não percebemos que ela era apenas humana", disse ele.

(Veja abaixo fotos da carreira da lutadora)

Você viu?

Além disso, ele disse estar se sentindo culpado pelo ocorrido e lembrou de uma concussão severa que Daffney sofreu em uma de lutas que fez ao lado dele, algo "que pode ter exacerbado os problemas de saúde mental com os quais ele lutou até a morte".

De fato, em um de seus últimos vídeos, a lutadora americana, nascida na Alemanha Ocidental, falou sobre danos cerebrais causados pelo esporte e admitiu sofrer de encefalopatia traumática crônica, uma doença que muitos atletas de futebol americano sofreram e acabaram tendo um final muito semelhante ao de Daffney .

"Você entende que eu estou sozinha? Você não entende?", ela expressou em meio às lágrimas. “Não quero fazer nada que possa prejudicar meu cérebro, quero que seja estudado, para que as gerações futuras saibam. Não seja burra como eu”, confessou a mulher de 46 anos no Instagram.

Daffney Unger participou do World Championship Wrestling entre 1999 e 2001 e do Total Nonstop Action Wrestling entre 2008 e 2011. O resto de sua carreira foi passado no circuito independente.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários