Murilo
Divulgação
Murilo

A ex-esposa do jogador de basquete brasileiro Murilo Becker, a influenciadora Patrícia Pontes afirma que foi agredida pelo atleta no último dia 9 de agosto. A informação é do colunista Leo Dias.

De acordo com ela, que é resguardada por medida protetiva contra o ex, no fim de semana do Dia dos Pais, Becker viajou com os quadrigêmeos e, por conta do atraso na devolução, ela resolveu acompanhar a babá ao buscar os filhos.

Na ocasião, notou a presença da namorada do ex-marido, algo que seria contra o combinado no momento do compartilhamento de guarda. Ainda segundo ela, a atual de Becker a provocou e, ao reclamar para o ex, Becker a insultou: “Cale a boca, vagabunda”.

Ela, que alega que filmou tudo por orientação do advogado e com medo de ser agredida, conta que após questionar o marido sobre o atraso, Becker pegou um dos tênis de uma das filhas e arremessou contra ela, atingindo o rosto. O atleta também teria jogado um dos andadores dos filhos no chão, com força. Ao notar que estava sendo filmado, foi em direção à ex-esposa, deu um murro na boca dela e pegou o celular.

Você viu?

“Acertou primeiro o meu nariz, que ainda está com um osso sobressaltado. Peguei o celular do bolso e disse que estava gravando. Mas ele não parou, veio para cima de mim. Sentia muita dor, mas ficava de pé. Com o murro nos dentes, não lembrava muita coisa, fiquei no chão. Tenho testemunhas”, alega.

Patrícia ainda afirma que, mesmo no chão, continuou sendo agredida com vários chutes pelo corpo. As agressões só teriam acabado quando a filha de 14 anos do casal interveio. Antes de ir embora, Murilo, segundo a influenciadora, teria apagado o vídeo gravado no celular e jogado o aparelho no chão.

O caso foi registrado na Delegacia da Mulher de São José dos Campos, interior de São Paulo. Também foi feito exame de corpo de delito. Após atendimento médico, foi constatado lesões no nariz, nos dentes e na cabeça, além de lesão no joelho, devido à queda. 

“Desde o ocorrido, digo que não estou vivendo, estou sobrevivendo. Sabia que tinha sido algo grave na minha boca, mas nem tanto. Ainda sinto muitas dores. Quando consigo dormir, tenho pesadelos de que ele está invadindo a minha casa", aponta Patrícia, que alega que está fazendo terapia.

Murilo Becker ainda não se pronunciou de forma pública sobre o caso.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários