Jean Todt
Divulgação
Jean Todt

O presidente da Federação Internacional de Automobilismo (FIA), Jean Todt , que é amigo pessoal de Michael Schumacher, revelou que visita o ex-piloto pelo menos duas vezes por mês, mesmo diante da pandemia do novo coronavírus.

O alemão segue em recuperação após o acidente, em 2013, enquanto esquiava na França. A sua real situação de saúde é mantida sob grande sigilo e Todt é uma das poucas pessoas com acesso ao ex-piloto .

“Eu vejo Michael pelo menos duas vezes por mês. Eu não vou deixá-lo sozinho. Ele, Corinna, a família: tivemos muitas experiências juntos. A beleza do que vivemos faz parte de nós e continua”, revelou ele, em entrevista ao jornal italiano Corriere della Sera.

Você viu?

O local onde está Schumacher também é mantido em sigilo. Segundo a imprensa alemã, os ex-piloto vive atualmente em Palma de Maiorca, na Espanha, mas isso não é confirmado oficialmente pelo staff e nem a família do alemão.

(Veja na galeria abaixo fotos da carreira de Michael Schumacher)

A informação, aliás, foi confirmada pela ex-mulher de Flavio Briatore. A modelo italiana Elisabetta Gregoraci falou sobre o estado de saúde do alemão na versão italiana do Big Brother: o Gran Fratello VIP: "Ele não fala”, disse ela quando perguntada por outro participante. “Ele se comunica com os olhos e apenas três pessoas podem ir vê-lo", disse a modelo, completando: "Eles se mudaram para a Espanha e sua esposa fez um hospital na casa".

Todt, que comandou Schumacher no início dos anos 2000, época em que o alemão venceu cinco títulos consecutivos na Fórmula 1, mantém desde essa época uma forte relação com o sete vezes campeão mundial.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários