Serena
Reprodução
Serena

Um escândalo sexista movimentou o esporte. O belga Marc Duez, comentarista do canal público RTBF - especializado em motores e ex-piloto de Fórmula 1 -, gerou grande polêmica por seus comentários durante o GP de Mônaco.

Durante a transmissão, o ex-piloto disse palavras inapropriadas para a tenista Serena Williams, que foi convidada como VIP parar participar da quinta corrida da temporada.

Ao final da corrida, Serena teve a honra de dar a bandeirada final para o vencedor. No entanto, a 23 vezes vencedora do Grand Slam teve que suportar um comentário desprezível do ex-piloto. "Serena Williams vai agitar algo diferente do que está acostumada", disse o comentarista Marc Duez, deixando o público da rede pasmo e fazendo a televisão belga RTBF suspender a transmissão abruptamente.

Marc Duez
Divulgação
Marc Duez

Duez, que é um conhecido piloto belga e já foi várias vezes campeão das 24 horas de Nürburgring, não parou por aí. Quando a tenista ergueu a bandeira quadriculada para Verstappen, ele destacou: "Você pode ver que ela claramente não é uma líder de torcida", recomendando que ela se inscrevesse em curso de Cheerleaders.

Após a polêmica, o comentador belga emitiu um comunicado e pediu desculpas pelas suas palavras e tentou esclarecê-las. “Disse com um tom humorístico, lembrando que a americana excepcionalmente trocou sua raquete de tênis por uma bandeira quadriculada. Nunca, durante a transmissão do Grande Prêmio de Mônaco tive a intenção de magoar ou zombar de alguém. Se algumas pessoas ficaram chateadas com meus comentários humorísticos, gostaria de pedir desculpas. Não sou jornalista profissional, por isso reagi espontaneamente a certas imagens propostas pelo Grande Prêmio", concluiu.

As desculpas não foram suficientes e ele foi demitido da emissora.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários