Anderson Silva pretende migrar para o boxe ou jiu-jítsu
Reprodução/UFC
Anderson Silva pretende migrar para o boxe ou jiu-jítsu

Anderson Silva anunciou que não voltará a competir no MMA. O lutador confirmou em entrevista ao programa 'Ariel Helwani's MMA Show' que se aposentará na modalidade e que pretende migrar para o boxe ou jiu-jítsu profissionais.


O ex-Campeão Peso Médio do UFC já tem marcada uma luta de boxe no dia 19 de junho contra o pugilista mexicano Julio Cesar Chávez Jr, em Guadalajara, no México. O evento será transmitido por uma plataforma de streaming e deverá contar com o sertanejo Gusttavo Lima cantando o Hino Nacional.

Anderson falou sobre a sua última luta no UFC, a derrota para o lutador jamaicano Uriah Hall e explicou a decisão de parar de lutar no MMA.

- Logo após a luta contra Uriah Hall, eu fui para o vestiário e começaram a me ligar para lutar no Japão. Eu precisava descansar, mas todos os dias muitos eventos, especialmente no Japão e do resto da Ásia, me ligavam. Mas eu não vou mais lutar MMA, porque é duro treinar para o MMA, é difícil fazer um camp em alto nível, você se machuca muito. Agora eu só quero curtir. Não preciso provar mais nada para ninguém – disse.

- Eu aceitei a luta contra Uriah Hall e algumas coisas aconteceram nos bastidores. Todo mundo sabe o que estava acontecendo, não preciso ficar falando. Não coloco mais pressão no meu corpo nem na minha mente, pensando em lutar novamente. Só tenho que agradecer a Deus por poder lutar e poder ajudar meu filho Gabriel a treinar - explicou.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários