Ingrid Oliveira, atleta brasileira dos saltos ornamentais
Instagram
Ingrid Oliveira, atleta brasileira dos saltos ornamentais

A atleta de saltos ornamentais, Ingrid Oliveira, vai para sua segunda Olimpíada. Ela assegurou a classificação para os Jogos de Tóquio, durante a Copa do Mundo da modalidade, que está sendo disputada no Japão, na mesma piscina onde ela competirá em julho.

Em busca da vaga, ela foi bem nas eliminatórias da plataforma de 10 metros e acertou todos os quatro primeiros saltos, se mantendo o tempo todo entre as seis primeiras colocadas. Seu primeiro salto foi um duplo e meio mortal com um parafuso e meio que lhe rendeu 60.80 pontos. O seu salto com parada de mão na segunda rodada recebeu a mesma pontuação do primeiro. O terceiro salto da brasileira foi um triplo mortal e meio para frente que teve nota 60.00.

Na quarta rodada, Ingrid teve seu melhor desempenho, recebendo 75.20 pontos para seu triplo e meio mortal revirado. A vaga foi confirmada com 28.50 no seu último salto, quando optou por um salto mais simples, um meio mortal em ponta pé à lua. Ele garantiu a 13ª colocação, avançando à semifinal entre as 18 primeiras, critério para classificar à Olimpíada.

O Brasil já havia classificado três atletas aos Jogos de Tóquio pelas eliminatórias: Luana Lira, no trampolim de 3 metros, e Kawan Pereira e Isaac Souza na plataforma de 10 metros. 

Ingrid Oliveira virou assunto durante os Jogos Olímpicos do Rio, em 2016, pelo envolvimento que teve com o atleta da canoagem slalom, o também brasileiro Pepê Gonçalves. Ingrid e Pepê cometeram um incidente disciplinar grave ao passar uma noite juntos no quarto em que a saltadora dividia com a ex-parceira Giovanna Pedroso. O assunto se tornou público e a atleta foi alvo das redes sociais.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários