Lutador
Instagram
Lutador

O boxeador Jonas de Andrade Carvalho Filho, mais conhecido como “Guerreiro da Luz”, de 34 anos, morreu na madrugada desse domingo após uma luta realizada na Academia Fundo de Quintal, na Zona Norte de Teresina.

Durante a competição chamada "Desafio Combate - o Retorno", Jonas foi acertado várias vezes com golpes na cabeça. O juiz chegou a abrir a contagem, mas o lutador manifestou que está tudo bem. O combate seguiu, porém, ele foi novamente nocauteado.

O lutador foi socorrido e encaminhado para o Hospital do Buenos Aires. Segundo o boletim médico, Jonas sofreu uma lesão no crânio e acabou não resistindo aos ferimentos.

De acordo com a Federação Piauiense de Boxe, o evento era clandestino e não fez parte da organização. Vale lembrar que, por conta das medidas de restrição de combate à Covid-19, eventos com aglomeração estão proibidos no Piauí. 

Você viu?

Em entrevista ao G1, o proprietário da Academia Fundo de Quintal, José Claudio, afirmou que não se tratava de um evento clandestino. “Foi um evento teste. Um evento tem que ter no mínimo 10 lutas e esse só teve 5. E era para colher um material para fazer futuramente eventos em Teresina. O evento tem essa caraterística rústica, mas com todo o aparato, como arbitragem e paramédico”, explicou José Cláudio, apontando que vai prestar ajuda para a família do lutador.

Ele ainda negou que tenha ocorrido aglomeração. “No momento em que eles estavam lutando, teve uma chuva. O pessoal que foi convidado pelos próprios atletas para ver a luta, foram para a única parte coberta, que era onde estava o ringue, por isso parece que todos estavam juntos, mas logo depois pedimos para o pessoal sair de perto do ringue, por isso teve essa impressão de muita gente”, apontou.

Assista o vídeo:



    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários