Kobe
Divulgação
Kobe

Um ano após a trágica morte do jogador em um acidente de helicóptero, a família do ex-astro da NBA, Kobe Bryant, decidiu não renovar o contrato com a Nike, empresa que prorrogou o acordo por mais cinco anos após sua aposentadoria em 2016.

Dessa forma, novos calçados e licenciamentos com o nome do ex-jogador estão impedidos de serem lançados pela marca. Ainda não se sabe se haverá uma nova negociação no futuro, mas o acordo terminou no último dia 13 de abril. Porém, a linha 2021 de Kobe dentro da Nike ainda será lançada, mesmo com o fim do acordo.

“Kobe Bryant foi uma parte importante da profunda conexão da Nike com os consumidores. Ele nos empurrou e fez com que todos ao seu redor melhorassem. Embora nosso relacionamento contratual tenha terminado, ele continua sendo um membro profundamente amado da família Nike”, declarou a Nike em comunicado.

Sobre o fim da parceira, recentemente divulgou-se que Bryant já planejava deixar a Nike antes de sua morte e abrir sua própria empresa de calçados. Há quem diga que Vanessa planeja cumprir seus desejos. Informações também dão conta que existia uma frustração da família diante do acesso limitado que o público tinha aos produtos de Bryant primeiro após sua aposentadoria e depois após sua morte. 

A Nike, aliás, teria apresentado uma oferta de renovação do contrato, mas, ela não seguia estrutura semelhante a outros contratos de longa duração da marca, como os de Jordan ou LeBron.

Em um comunicado, Vanessa Bryant falou sobre a decisão. "O contrato de Kobe com a Nike expirou em 13/04/21. Kobe e Nike fizeram alguns dos mais belos tênis de basquete de todos os tempos, adorados por fãs e atletas de todos os esportes ao redor do mundo. Parece-me normal que os jogadores da NBA usem mais os sapatos do meu marido do que outros sapatos com sua própria marca. Minha esperança será sempre deixar que os fãs de Kobe usam seus produtos, eu continuarei lutando por eles. Faremos sempre o nosso melhor para homenagear a memória de Kobe e Gigi", apontou.

Bryant assinou com a Nike em 2003. A partir daí, se tornou um dos mais importantes embaixadores da marca. A Nike continuou a lançar tênis com a marca de Kobe mesmo depois de sua aposentadoria em 2016 e também lançou modelos retrô após a trágica morte do ex-jogador em janeiro de 2020. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários