Zapata
Instagram
Zapata

O piloto argentino de motocross Alberto Zapata morreu após cair de sua moto e ser atropelado por dois competidores, durante uma competição em San Agustín, cidade da província argentina de Córdoba.

Zapata, que teve seu braço esquerdo amputado em novembro passado, após um acidente de carro, voltou a correr poucos meses depois, porém, não resistiu a nova tragédia. Imagens agonizantes mostram dois pilotos incapazes de evitar Zapata, após o piloto se desequilibrar e cair.

Sergio Unac, governador da província de San Juan, falou sobre o caso: “Estou totalmente com o coração partido pela triste notícia da morte de Wey Zapata. Minhas condolências à sua família e amigos neste momento triste. Descanse em paz, guerreiro. Em San Juan, vamos lembrá-lo como um grande desportista e um grande lutador", apontou.

O incidente perturbador aconteceu menos de cinco meses depois que ele escapou da morte ao bater seu carro em uma estrada principal ao sul da cidade argentina de San Juan. Na ocasião, ele quebrou a clavícula e teve que amputar o braço esquerdo após perder o controle de seu Chevrolet Corsa Classic.

O fanático por motocicletas, ele era aplaudido de pé a cada volta quando voltava às corridas, desafiando os profissionais de saúde que lhe disseram que ele teria que desistir de sua paixão. Ele, inclusive, conseguiu um pódio após seu retorno na cidade de Chubut, no sul da Argentina, em 4 de março. “Primeiro pódio após minha amputação. O resultado de muito trabalho, desejo, sonhos e um momento verdadeiramente inesquecível", disse em seu Instagram.

Zapata também lembrou recentemente como sua mãe lhe contou a notícia de sua amputação: “Quando eu estava no hospital, não conseguia sentir meu braço e me perguntei se ainda o tinha, até que minha mãe me disse: 'Não, eles o amputaram logo após o acidente'". Vale lembrar que sua vida foi salva por uma pessoa que passava pelo local e parou seu sangramento no braço com um torniquete.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários