Mulher mostra o dedo para Nadal
Reprodução
Mulher mostra o dedo para Nadal

Rafael Nadal valorizou positivamente seu desempenho contra Michael Mmoh, que o levou à terceira rodada do Aberto da Austrália. A partida foi marcada pelo incidente com uma torcida, que acabou expulsa da arquibancada .

“Foi bom porque ganhei três sets. Ainda estou vivo e tenho chance de continuar melhorando. Ainda estou vivo e um teste com Norrie me aguarda", afirmou.

Sobre o incidente com a torcedora, Nadal, que já havia dado risada em quadra, novamente levou na brincadeira. "Acho que ela estava bêbada, não sei se muito gim ou tequila. Foi uma situação engraçada. Não entendo por que ela fez isso, mas há gente para tudo neste mundo. Ela fez o que seu estado permitiu-lhe naquele momento. Ela ganhou a expulsão porque incomodou a mim e meu rival", apontou.



Rafa Nadal também voltou a falar dos seu problema nas costas. “Não está controlado. Não estou sacando do mesmo jeito. Estou sendo menos agressivo, servindo cortado e diminuindo a velocidade. No momento estou atirando, mas o jogo não me exigiu. A evolução das costas não é tão satisfatório quanto eu gostaria. Com o que tenho agora não é o suficiente para atingir meu verdadeiro objetivo aqui. Amanhã é um dia importante porque vou tentar algumas coisas. Se não melhorar, estarei em uma situação crítica. Se Angel (seu médico) estivesse lá, ele me ajudaria definitivamente. Não estamos esperando um milagre, mas que as coisas melhorem", apontou.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários