Pierre
Instagram
Pierre

O mundo das corridas está em luto. Foi confirmada nesta sexta-feira a morte do piloto francês Pierre Cherpin, de 52 anos, em decorrência de um grave acidente no Rally Dakar. O motociclista havia sofrido uma queda no último dia 10 e estava internado em estado grave.

O acidente aconteceu quando ele disputava a sétima etapa do Rally, que acontece em Sacaca, na Arábia Saudita. Após a batida no quilômetro 178 do sétimo estágio da prova, Cherpin foi levado ao hospital com traumatismo craniano grave e faleceu durante a tentativa de transferência aérea para um hospital do seu país.

"Operado com urgência em neurocirurgia, o piloto estava, desde então, em coma artificial, com estado estável nos últimos dias. Tinha sido transportado de avião de Sacaca para o hospital de Jeddah, e depois iria para a França, onde se internaria no hospital de Lille", diz comunicado da organização.

Você viu?

Cherpin participou das edições 2009, 2012, 2015 e 2021 da competição. O piloto andava com uma moto Husqvarna na categoria "Original por Motul", para pilotos que corriam sem assistência externa".

Em comunicado a Dakar lamentou o fato: "O empresário e entusiasta da vela de 52 anos não tinha outra ambição que não viver uma aventura, sem se preocupar com o pódio: 'Eu sou um amador, não quero vencer, mas sim descobrir paisagens que nunca teria a oportunidade de ver se não fosse por isso. Tudo é excitante: andar com a moto, viver sua paixão, se conhecer mais'. Toda a caravana do Dakar estende seus pêsames à família e amigos".

Sua morte foi a primeira nesta temporada do Rally. No ano passado, foram registradas outras duas mortes: a do português Paulo Gonçalves e do holandês Edwin Straver.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários