Ty Jordan
Reprodução
Ty Jordan

O jogador Ty Jordan, do time de futebol americano da Universidade de Utah, no Texas (EUA), morreu neste sábado após um tiro acidental disparado por ele mesmo.

De acordo com informações da própria equipe, o running back foi atingido no quadril. Ele, que conviveu com a morte de sua mãe no último mês de agosto, chegou a ser levado para um hospital, mas não resistiu aos ferimentos.

Apesar das investigações ainda estarem em andamento, policiais relataram  que, na última sexta-feira, eles foram chamados após uma pessoa levar um tiro. “Após uma investigação preliminar, acreditamos que se tratou de um tiroteio acidental, em que a vítima disparou contra si mesma sem querer”, disse o porta-voz à ESPN.

Com 19 anos, Ty foi eleito calouro ofensivo da conferência na primeira divisão dos EUA. Após o ocorddio, o técnico do time, Kyle Whittingham, divulgou uma declaração oficial. 

“Palavras não podem expressar a devastação e dor que nosso time está sentindo ao saber da trágica morte de nosso companheiro de equipe e irmão Ty Jordan. Ele deixa uma marca em cada um de nós e nossos pensamentos e orações vão para sua família e amigos”, afirmou.

O treinador completou: “a personalidade e o sorriso de Ty eram contagiantes e ele causou um grande impacto em nosso programa no curto período de tempo em que esteve conosco. Do fundo de nossos corações, todos nós da família do futebol americano de Utah queremos dizer que amamos você, Ty, e que descanse em paz”.

Jordan se tornou o principal jogador do time na última temporada. Ele terminou com 597 jardas corridas, 11 recepções e seis touchdowns. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários