Dennis Rodman joga vestido de drag queen na Argentina
Reprodução
Dennis Rodman joga vestido de drag queen na Argentina

A passagem de Dennis Rodman pelo Chicago Bulls , no famoso time comandado pelo maior jogador de todos os tempos,  Michael Jordan , não deixou nenhum dos companheiros da franquia indiferente.

O jogador, que ficou na história como um dos personagens mais polêmicos e controversos da NBA , acabou marcado por seu caráter explosivo, suas lutas em quadra e, principalmente, por seu extravagante modo de vida e seus hábitos noturnos.

Em entrevista a um jornal croata, o ex-companheiro Toni Kukoc , que não compartilhava dos mesmos hábitos noturnos, falou sobre as polêmicas festas promovidas pelo ex-jogador do Bulls. De acordo com ele, em apenas uma oportunidade sucumbido a tentação de sair com Rodman.

"Não conseguia acompanhar o seu ritmo. Só pude sair com ele uma vez para festejar, porque depois eram necessários entre sete e 10 dias para recuperar do ritmo selvagem que ele tinha", afirmou o ex-jogador, lembrando das celebrações regadas a álcool. "Éramos quatro pessoas com ele e a primeira coisa que ele pediu para beber foi 40 shots de vodka e 10 cervejas. Perguntei se mais pessoas estavam vindo e ele disse que não, e que era importante manter o bar aberto".

Kukoc lembra ainda que não eram só eles que bebiam. "Todas as pessoas que estavam no bar naquela noite recebiam comida e bebida de graça por conta de Rodman", lembra.

Por fim, elogiou o ex-companheiro e lembrou que todos gostavam dele, conhecido por ser leal a seus amigos e e jogadores da equipe. “Ele é uma ótima pessoa que foi ótima para todos os outros, ao invés de si mesmo, porque ele não conseguia encontrar o equilíbrio certo", concluiu.

    Leia tudo sobre: NBA

    Veja Também

      Mostrar mais