Usain Bolt
Reprodução
Usain Bolt

O que era uma suspeita se confirmou . O corredor Usain Bolt , de 34 anos, que acumulou oito ouros olímpicos durante a sua carreira, testou positivo para o novo coronavírus.

O atleta, que alega estar ssintomático (sem apresentar sintomas) e em quarentena, fez o exame de covid-19 dias depois de participar de uma festa surpresa organizada por sua namorada, Kasi Bennett, para comemorar seu aniversário.

Além dele, alguns esportistas famosos foram ao evento, como o meia-atacante Sterling , do Manchester City, e Leon Bailey , ponta do Bayer Leverkusen. Nas redes sociais circulam vídeos do evento nos quais é possível ver que os convidados não respeitaram as medidas de isolamento sociais recomendadas pela OMS (Organização Mundial da Saúde) e também não usaram máscaras.

Agora, a Polícia vai investigar o ocorrido. O anúncio positivo do coronavírus de Bolt foi confirmado pelo ministro da Saúde da Jamaica, Christopher Tufton, em uma entrevista coletiva com o primeiro-ministro Andrew Holness.

“Queremos tornar público que Usain Bolt deu positivo para coronavírus. As autoridades nos notificaram. Seguindo os protocolos, quando há um caso positivo, independentemente do indivíduo, foi lançado um interrogatório que continuará com o rastreamento dos contatos. Não tenho conhecimento de ninguém violando a quarentena, mas as regras são para todos", apontou.

A investigação está em curso porque Bolt teria quebrado a regra que proíbe encontros de mais de 20 pessoas. "A polícia já abriu uma investigação. Ninguém está sendo tratado de forma diferente. Todos os jamaicanos têm um dever e aqueles que têm relevância pública, ainda mais", disse o primeiro-ministro Andrew Holness.

Veja um dos vídeos da festa:





    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários