Tóquio inaugura os anéis olímpicos
Reprodução/Instagram
Tóquio inaugura os anéis olímpicos

As Olimpíadas de Tóquio podem ter que ser adiadas novamente, se o coronavírus sofrer uma mutação e ficar ainda mais forte, disse, nessa quarta-feira, Kiyoshi Kurokawa , importante assessor do governo japonês.

Kurokawa, que é um médico de renome e está assessorando o governo japonês sobre a pandemia, também foi consultor científico do gabinete japonês de 2006 a 2008 e liderou uma investigação independente sobre o desastre nuclear de Fukushima em 2011.

"Acho que o vírus está mudando o tempo todo. Pode ser um vírus muito mais forte que desencadeia uma segunda onda de infectados. Assim, os Jogos podem ter que ser adiados novamente, mas não posso prever", afirmou ele à Agência Reuters, lembrando que o recente aumento de casos em Tóquio se deve ao "não cumprimento das diretrizes para evitar o contágio".

"Acho que pequenos incidentes estão ocorrendo em Tóquio se devem a pessoas que não seguem as recomendações. Mas se houver alguma mutação, a história mudará completamente. E isso pode acontecer em qualquer lugar do mundo", acrescentou.

O governador de Tóquio, Yuriko Koike, por sua vez, disse que os Jogos, originalmente agendados para este mês, mas adiados para 2021 devido à pandemia, devem ir ocorrer no próximo ano como "um símbolo da unidade global para superar o coronavírus".

    Veja Também

      Mostrar mais