O Comitê Olímpico Helênico (HOC), da Grécia, suspendeu o revezamento da tocha olímpica de Tóquio-2020 por causa do surto do novo coronavírus . A medida aconteceu um dia após ela ser acesa em Atenas, na capital grega, em uma cerimônia reduzida e sem a presença de público devido a pandemia do vírus COVID-19. A Olimpíada está programada para acontecer de 24 de julho a 9 de agosto na capital do Japão.

Leia também: "Cancelamento da Olimpíada é inconcebível", diz ministra dos Jogos

jogos arrow-options
EPA/Reprodução
Revezamento da tocha olímpica foi suspenso


O revezamento seria realizado no berço dos Jogos Olímpicos até o dia 19 de março. Nesta sexta-feira, o ator Gerald Butler chegou a carregar a tocha pelas ruas de Atenas. Em um comunicado oficial, o HOC informou que a medida foi apoiada pelo Comitê Olímpica Internacional (COI) e deixou claro que a Chama Olímpica será entregue como planejado ao Comitê Organizador de Tóquio 2020 na quinta-feira, 19 de março, no Estádio Panathenaic, sem público.

Leia também: Por coronavírus, Olimpíada pode ser cancelada pela quarta vez na história

"O Comitê Olímpico Helênico (HOC) lamenta muito que tenha de anunciar o cancelamento das próximas dias do revezamento da tocha olímpica. na Grécia. Isso é ainda mais lamentável após o enorme sucesso do revezamento durante seus primeiros dois dias, com grandes multidões se reunindo ao longo do percurso e nas cerimônias.", diz parte do comunicado.

    Veja Também

      Mostrar mais