Tamanho do texto

Melanie Coleman caiu das barras assimétricas e sofreu grave lesão na coluna espinhal; atleta competia na 2ª divisão da liga universitária norte-americana

Melanie Coleman arrow-options
Reprodução/SCSU
Melanie Coleman

A ginasta universitária Melanie Coleman, de 20 anos, morreu após sofrer um grave acidente enquanto treinava na Southern Connecticut State University (SCSU), nos Estados Unidos. Logo após o acidente, que aconteceu na última sexta-feira, a americana foi socorrida e encaminhada ao hospital, mas não resistiu e acabou falecendo no domingo.

Leia também: Tetraplégica, Lais Souza celebra "independência" em post nas redes sociais

Melanie participava de competições da segunda divisão da NCAA , liga norte-americana universitária. O acidente com a ginasta aconteceu nas barras assimétricas (um dos aparelhos da ginástica artística), provocando uma grave contusão na coluna espinhal.

Em um comunicado, Jay Moran, diretor atlético da SCSU, prestou solidariedade aos familiares da jovem: "Neste momento, nossos pensamentos e orações estão com a família de Melanie”.

A atleta, que estudava enfermagem na SCSU, não chegou a competir no time de elite da ginástica artística dos Estados Unidos.