Tamanho do texto

Evento irá escolher o representante do Brasil na Final Mundial do futebol estilo livre que acontece ainda este ano em Miami, nos Estados Unidos

futebol estilo livre
Kin Marcin/Red Bull Content Pool
Etapa brasileira do mundial de futebol freestyle acontece no próximo dia 29 de junho

Se o gol é o ápice do futebol, alguns craques podem provar que a glória não se resume somente a isso. Neste sábado (29), São Paulo receberá os mais habilidosos jogadores de freestyle do Brasil para a etapa nacional da 11ª edição do Red Bull Street Style, torneio internacional de futebol estilo livre.

Leia também: Rodolfo, do Fluminense, é pego no exame antidoping por uso de cocaína

As batalhas do freestyle acontecerão na adidas Arena Tango, Av. Manuel Bandeira, nº 360 - Zona Oeste da capital, a partir das 17h30 (horário de Brasília). A competição vale uma vaga para a Final Mundial, que acontecerá ainda este ano, em Miami (EUA). 

Atual vice-campeão mundial do torneio, Ricardo Chahini é um dos grandes favoritos ao título. Em 2018, o paraense se recuperou de uma grave lesão no tornozelo e, mesmo com a falta de ritmo, conseguiu o segundo lugar na competição.

“Ano passado foi um período de recuperação para mim. Cheguei muito perto do título no Red Bull Street Style na Polônia, e fiquei querendo mais. Agora, em São Paulo, vou com tudo para mais uma vaga na etapa mundial”, conta Ricardinho, que em 2017 foi campeão de torneio internacional disputado na cidade de Praga (CZE).

Além dele, outros talentos do freestyle chegam a São Paulo como fortes concorrentes à vaga como Fábio Teixeira e Jota Moura. Ao todo, mais de 20 jogadores terão de mostrar toda irreverência, habilidade e improviso com a bola em busca do título.

O formato de disputa é o seguinte: todos os competidores serão submetidos a uma triagem de um minuto. Os melhores avançam à fase de mata-mata, com batalhas de um contra um, em que dois atletas se enfrentam durante três minutos. Como critério de classificação, os jurados levarão em conta grau de dificuldade dos movimentos, domínio dos estilos do freestyle, variação, originalidade e improviso.

Os avaliadores são profissionais da modalidade: Diego Oliveira, um dos ícones da modalidade e ‘parça’ do Falcão, atleta de futsal; Liniker, que possui no currículo o título de campeão brasileiro; e Lucas Meneses da Matta, atleta profissional de futebol estilo livre e jurado na última edição do torneio. 

 Leia também:  Corinthians contrata jogador de 27 anos para atuar no time sub 23

O grande vencedor da etapa brasileira freestyle representará o Brasil diante de mais de 50 países, nos dias 14 e 15 de novembro, em Miami (EUA). A categoria feminina, cujo processo de qualificação é online e global, também está com as inscrições abertas no site da Red Bull. Na etapa mundial, os atuais campeões do torneio, o norueguês Erlend Fagerli e a polonesa Agnieszka Mnich, estão confirmados.