Tamanho do texto

Ambas as cidades pretendem sediar a competição esportiva daqui a 12 anos. Avaliação geral do projeto da candidatura será feita em breve

O Comitê Olímpico Nacional Italiano (Coni) indicou nesta quinta-feira ao Comitê Olímpico Internacional ( COI ) a candidatura das cidades de Milão e Turim para sediar os Jogos Olímpicos de Inverno de 2026.

Leia também: Velejador desaparece e é dado como morto no Oceano Antártico

Comitê Olímpico Nacional Italiano (Coni) indicou as cidades de Milão e Turim para receber Jogos de Inverno de 2026
Reprodução
Comitê Olímpico Nacional Italiano (Coni) indicou as cidades de Milão e Turim para receber Jogos de Inverno de 2026

"O Comitê Olímpico Nacional italiano informou o COI de querer continuar a fase de diálogo para os Jogos Olímpicos de Inverno de 2026. Depois de numerosas reuniões e contatos com a alta direção do COI, o Coni expressou a intenção através de uma carta indicando a candidatura das cidades de Milão e Turim", revelou a entidade que rege os esportes olímpicos italiano.

Leia também: Candidatura de Turim para Jogos de Inverno de 2026 recebe primeiro 'sim'

Na carta enviada pelo Coni, a entidade explica que "está aguardando" a formação do novo governo para iniciar uma avaliação geral do projeto da candidatura.

"Tomamos nota da carta enviada pelo Coni e estamos satisfeitos com o trabalho da associação 'Torino 2026' para avaliar as condições de viabilidade", disse a prefeita de Turim, Chiara Appendino.

Turim cria associação

Após ter declarado interesse de sediar os Jogos Olímpicos e Paralímpicos de Inverno de 2026, a cidade de Turim, na Itália, criou na última terça-feira uma associação para avaliar a candidatura.

A associação sem fins lucrativos cuidará dos estudos, análises e atividades de pesquisa necessárias para avaliar a viabilidade de Turim receber o evento esportivo.

"Verificamos através da associação se o evento olímpico irá gerar valor duradouro para os territórios envolvidos", afirmou a prefeita.

Leia também: Esportes de neve do Brasil já miram os Jogos Olímpicos de Inverno de 2022

Ainda de acordo com Appendino, o modelo organizacional da associação "Torino 2026" deverá ter "diretrizes obrigatórias para a reutilização e recuperação de estruturas existentes", além de "proteção ambiental e uma gestão cuidadosa dos recursos econômicos".

No dia 17 de março, a prefeita de Turim enviou uma carta ao Comitê Nacional Olímpico Italiano ( Coni ) confirmando o interesse da cidade em sediar os Jogos Olímpicos de Inverno de 2026.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.