Tamanho do texto

Equipe mista do Brasil perdeu para o Japão na decisão deste domingo

O Mundial de Judô, que acontecia em Budapeste, na Hungria, terminou neste domingo (03) com uma disputa inédita e mais uma medalha para o Brasil. Na competição por equipes mistas, o país ficou com a prata depois de ser derrotado pelo Japão na decisão. O bronze ficou com a França. 

Leia também: Brasil leva uma prata e um bronze e faz dobradinha no Mundial de judô

Brasileiros na disputa por equipe mista no Mundial de judô
Divulgação/CBJ
Brasileiros na disputa por equipe mista no Mundial de judô

É a primeira vez que o Mundial de judô tem a disputa por equipes reunindo homens e mulheres. A novidade também fará parte do calendário olímpico e estará presente nos Jogos de Tóquio, em 2020. 

Detalhes da disputa

Os seguintes atletas representaram o Brasil na competição por equipes: Érika Miranda (57kg), Rafaela Silva (57kg), Maria Portela (70kg), Maria Suelen Altheman (+70kg), Beatriz Souza (+70kg), Marcelo Contini (73kg), Eduardo Katsuhiro (73kg), Victor Penalber (90kg), Eduardo Bettoni (90kg), Rafael Silva (+90kg) e David Moura (+90kg). A cada rodada, seis atletas eram escalados para os duelos. 

Nas oitavas de final, o Brasil enfrentou a Polônia e venceu o duelo com vantagem. Rafaela Silva, Marcelo Contini, Maria Portela e Eduardo Bettoni venceram as primeiras lutas e já asseguraram o país na fase seguinte. Maria Suelen Altheman também venceu a luta seguinte e o ponto de honra da Polônia veio com a vitória de Maciej Sarnacki diante de David Moura por imobilização. 

Leia também: Famoso empresário do boxe mundial inicia transição para se transformar em mulher

Nas quartas os adversários foram os judocas do Canadá, e o Brasil começou com uma derrota de Rafaela Silva. Na sequência, Contini venceu o duelo no golden score e empatou o quadrangular. Vitórias de Portela e Victor Penalber colocaram o Brasil na liderança por 3 a 1. Para fechar a etapa, mais dois triunfos, com Maria Suelen e Rafael Silva, o Baby. 

Na semifinal, Rafaela se recuperou e a disputa começou com vitória para o Brasil sobre a Rússia. Eduardo Katsuhiro marcou o segundo ponto para a seleção. Portela fez o terceiro ponto em uma luta bastante disputada. A Rússia ainda reagiu, com Igor Igolnikov passando por Penalber com um ippon. Maria Suelen fez mais um ponto para o Brasil, e Baby perdeu a última luta, mas o placar ficou 4 a 2 para o Brasil e a vaga na decisão. 

Na briga pelo ouro, entretanto, o Japão venceu os judocas nacionais por 6 a 0. Rafaela, Contini, Portela, Penalber, Maria Suelen e Baby perderam e o time nacional ficou com a prata. 

Saldo do Mundial

Com o resultado deste domingo, o Brasil encerra o Mundial de judô com cinco medalhas. nas disputas individuais, Mayra Aguiar levou o ouro e se tornou a primeira brasileira bicampeã mundial . No pesos pesados, mais um feito inédito, com dobradinha no pódio com prata para David Moura e bronze para Baby. Érika Miranda também levou o bronze no individual. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.