Tamanho do texto

Ex-ginasta ficou tetraplégica após grave acidente de esqui em 2014 e segue em tratamento para buscar recuperar os movimentos do corpo

A ex-ginasta e atleta de inverno Laís Souza usa as redes sociais para mostrar a evolução de seu tratamento. Laís, que sofreu uma lesão na coluna em um acidente enquanto esquiava em 2014, ficou tetraplégica, mas aos poucos mostra avanços e está reconquistando alguns movimentos. 

Leia também: Lais Souza encara novo desafio no esporte no Rio - bocha

Laís Souza mostra detalhes do tratamento em sua página no Facebook e aparece dando cabeçada em uma bola
Reprodução/Facebook/@euapoioalais
Laís Souza mostra detalhes do tratamento em sua página no Facebook e aparece dando cabeçada em uma bola


Nesta semana, na sexta-feira (24), Laís Souza postou em sua página oficial no Facebook um vídeo no qual parece de pé dando cabeçadas em uma bola. Na legenda ela motiva os seguidores a saírem do sofá e também se mexerem. "Vídeo para começar a sexta-feira com muito pique. Quem estiver desanimado, força!!! ", escreve Laís. 

Nas imagens, ela usa um estabilizador para sustentar o corpo, mas não precisa de nenhuma ajuda para se manter de pé. Ela ainda mostra habilidade ao variar a direção da bola, cabeceando tanto para baixo, inclinando o pescoço, quanto para cima. 


De novo em pé

Laís conseguiu voltar a ficar em pé depois do acidente há alguns meses. No começo deste ano, ela mostrou também nas redes sociais que conseguia ficar em pé com a ajuda do estabilizador e com o auxílio dos fisioterapeutas. Pouco depois, em junho, a ex-ginasta já era capaz de ficar em pé sozinha, com o estabilizador, mas sem o apoio dos médicos. 

Laís mostra nas redes sociais que consegue fica em pé com o uso de um estabilizador
Reprodução/Instagram
Laís mostra nas redes sociais que consegue fica em pé com o uso de um estabilizador


Leia também: Esporte paralímpico e psicologia são os novos objetivos de Lais Souza

Ela também está recuperando a força nos braços e consegue até mexer alguns objetos com pequenos movimentos. No começo deste mês, a atleta de inverno também comemorou conseguir ficar sentada usando apenas a força dos membros superiores. Relembre: 


O acidente

Em 2014, Laís Souza, que já havia feito seu nome na ginástica artística do Brasil, tentava fazer carreira em um esporte bem diferente. Ela fazia parte da equipe brasileira de esportes de inverno e se prepara para disputar o esqui aéreo nas Olimpíadas de Inverno de Sochi. Durante um treino em uma montanha, ela perdeu o controle e teve uma grave queda. O acidente lesiou a terceira vértebra (c3) da coluna cervical e isso fez com que ela perdesse os movimentos do pescoço para baixo . Laís fez alguns tratamentos e segue a recuperação em Ribeirão Preto, no interior de São Paulo, sua cidade natal.