Tamanho do texto

"É preciso uma resposta firme para este tipo de comportamento", comentou a italiana Bebe Vio, que foi campeã de esgrima na Paralimpíada de 2016

Italiana Bebe Vio foi vítima de ameaças sexuais pelo Facebook
Site oficial
Italiana Bebe Vio foi vítima de ameaças sexuais pelo Facebook

A atleta paralímpica italiana Bebe Vio, vencedora do prêmio Laureus, a mais alta honraria do mundo esportivo, e também medalhista de ouro nos Jogos Paralímpicos do Rio de Janeiro, denunciou uma página do Facebook após ser vítima de comentários e ameaças sexuais na rede social.

LEIA MAIS: Três ex-ginastas dos EUA acusam médico por abuso sexual

"Acabo de denunciar os autores da página do Facebook que fizeram as ameaças . É preciso uma resposta firme a este tipo de comportamento", escreveu a campeã de esgrima na última edição das Paralimpíadas, disputadas no ano passado na capital fluminense.

LEIA MAIS: Tevez não se adapta na China e pode retornar ao Boca Juniors, diz jornal

Em entrevista à agência ANSA, a atleta afirmou sua "tristeza e decepção" pelo caso alimentado pela rede. "Eu estou amargurada porque há anos eu dou tudo de mim e luto pelos outros e pelas causas em que acredito. Estou desapontada porque fico triste com as pessoas que usam a internet para insultar e denegrir", contou.

#Paralympics #rio2016 #scherma #fencing #escrime #esgrima #fechten FOTO BIZZI

Uma publicação compartilhada por Beatrice Vio (@bebe_vio) em

Comportamento grave

De acordo com um comunicado da Codacons (Coordenação das Associações para a Defesa dos Consumidores), a rede social foi denunciada às autoridades judiciais depois de repetidos relatórios apresentados por outros administradores. No entanto, a página em questão já foi removida.

LEIA MAIS: Técnico do brasileiro que sofreu racismo pede punição ao próprio atleta

"É muito grave e preocupante. Espero que as autoridades competentes verifiquem as ameaças, o incidente e identifiquem o mais rápido possível os responsáveis por este ato desprezível e profundamente repugnante", ressaltou Luca Pancalli, presidente do Comitê Paralímpico Italiano.

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.