Tamanho do texto

Sophia Medina tem apenas 11 anos de idade e quer seguir os passos do irmão famoso, já se destacando nas ondas pelo Brasil

Sophia Medina, irmã de Gabriel, surfando com apenas 11 anos
Divulgação
Sophia Medina, irmã de Gabriel, surfando com apenas 11 anos

O peso de querer ser surfista, sendo irmã do maior ídolo da modalidade no Brasil, parece não atrapalhar Sophia Medina. O sobrenome já diz tudo. Ela é a caçula de Gabriel Medina, primeiro brasileiro campeão mundial de surfe e, influenciada e incentivada pelo irmão, já se destaca nas ondas, com apenas 11 anos de idade.

Confira:  Surfe e outras modalidades são incluídas nos Jogos Olímpicos

Recentemente, Sophia Medina garantiu o vice-campeonato brasileiro sub-12 feminino, em Ubatuba, no litoral de São Paulo, vencido por Rafaela Coelho, e é a vice-líder da competição criada por Gabriel para incentivar novos valores, o Circuito Medina/ASM, que terá a final "em casa", na Praia de Maresias.

Gabriel Medina e a irmã Sophia
Divulgação
Gabriel Medina e a irmã Sophia

Em paralelo ao sonho de seguir os mesmos passos do irmão e chegar ao Circuito Mundial, Sophia se aventura no mundo da moda, com o lançamento de uma coleção de roupas infantis desenhada por ela, apresentando o seu estilo para se vestir. O convite partiu do dono da marca Mini U.S., Tico Sahyoun, sabendo que Sophia gosta de desenhar.

A surfista e estilista também foi modelo da sua própria criação no desfile na Fashion Weekend Kids, principal evento de moda infantil, em São Paulo. Na ocasião, Sophia Medina entrou na passarela acompanhada pelo irmão e um de seus maiores fãs. "Foi bem legal. Estou muito feliz. É uma marca muito legal, de meninas que gostam de esporte. Fui usando a criatividade, gosto de desenhar, puxei isso do meu pai", conta a atleta.

Veja:  Gabriel Medina quer criar instituto para formar novos surfistas

Sophia Medina, irmã de Gabriel Medina
Divulgação
Sophia Medina, irmã de Gabriel Medina

No surfe, ela se inspira em duas atletas radicais: a havaiana Carissa Moore, tricampeã mundial em 2011, 13 e 15, e a cearense Silvana Lima. Mas o grande incentivo vem mesmo de casa. "Ele é sinistro", resume a pequena surfista falando de seu irmão. "Me dá uns toques, aprendo muito com ele", complementa.

Xodó da família Medina

Jovem surfista Sophia Medina
Divulgação
Jovem surfista Sophia Medina

O irmão Gabriel não esconde o apego e a satisfação por ver Sophia se destacando. "Eu sempre estarei na torcida. Quero que ela seja feliz no que fizer. Se for para ser surfista, que faça com alegria. Toda a família vai apoiar e ajudar, com certeza", disse o campeão mundial.

E mais:  Presidente da Federação de pole dance faz ensaio sensual na neve; veja fotos

Para a mãe, o futuro de Sophia Medina depende dela mesmo e sempre terá total apoio da família para seguir seus sonhos. "Na verdade, a gente usa a mesma estratégia que tivemos com ele. Ela fica à vontade para fazer o que quer. E essa liberdade faz ela se desenvolver. O bichinho do surfe está mordendo ela e tem o exemplo do irmão, influência muito boa. O lance de desenhar a própria coleção de roupas, ela abraçou quando o Tico sugeriu. Fez super bem. Puxou o pai, que é arquiteto”, enalteceu Simone.

    Leia tudo sobre: Surfe
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.