Tamanho do texto

Legends Football League é o futebol americano entre mulheres que usam lingerie. E é coisa séria, com final e tudo mais

Legends Football League, futebol americano entre mulheres e disputado de lingerie
Divulgação
Legends Football League, futebol americano entre mulheres e disputado de lingerie

Os fãs de futebol americano que estão com saudade da NFL terão neste final de semana um aperitivo, digamos, bastante sensual e picante. Na tarde de sábado acontece a Legends Cup 2016, a grande final da LFL (Legends Football League), torneio disputado nos Estados Unidos por belas mulheres usando lingerie - a Legends Cup é o equivalente ao Super Bowl, a decisão da NFL.

Confira:  Lutar MMA apenas de lingerie? Elas fazem isso!

A final do campeonato de lingerie será disputada entre o Chicago Bliss, campeão da Conferência Leste, e o Seattle Mist, campeão da Conferência Oeste.  Lembrando que, além dos dois finalistas, outros seis times estiveram em ação na temporada, totalizando oito: Atlanta Steam, Austin Acoustic, Dallas Desire, Los Angeles Temptation, New England Liberty e Omaha Heart.

Veja fotos da temporada 2016:


A Legends Cup deste ano será disputada em Scottsdale, cidade localizada no estado americano do Arizona. Os ingressos não são caros, custando entre 15 dólares (cerca de R$ 48,30) e 65 dólares (cerca de R$ 210,00).

Regras diferentes da NFL

A competição entre mulheres de lingerie já tem quase cinco meses de duração - seu início aconteceu em 9 de abril de 2016. Tanto a equipe de Chicago quanto a de Seattle chegaram à grande final após cinco partidas disputadas, sendo que cada uma venceu quatro e perdeu apenas uma.

Só gata:  Relembre as mais belas atletas que competiram nas Olimpíadas do Rio

E as regras da Legends Football League são um pouco diferentes da NFL. A começar pelo tamanho do campo, que é bem menor e com apenas 50 jardas de comprimento por 30 jardas de largura - entre os homens, são 100 jardas de comprimento no total.

Cada equipe entra com sete moças em campo. No ataque, são uma quarterback, duas running backs, uma down linewoman e três wide receivers. Já na defesa o time tem duas down linewoman, uma linebacker, duas cornerbacks e duas safeties.

Confira:  De férias, lutadora brasileira reclama de hospitalidade em país do Caribe

A pontuação do "touchdown" é igual: seis pontos. O ponto extra não é com chute e pode valer de um a três, dependendo das jardas que o time decidir correr. Não existe "field goal", por isso as equipes não possuem "kickers". Tudo isso usando apenas lingerie e em quatro tempos de 10 minutos.