Tamanho do texto

Criado na França, o Parkour foi inspirado na Guerra do Vietnã, com disciplina militar; hoje é praticado em território brasileiro e pelo mundo

Parkour foi criado na França e já chegou ao Brasil
Tracer Parkour
Parkour foi criado na França e já chegou ao Brasil

"Le Parkour", ou apenas Parkour, é o nome dado para a prática de transposição de obstáculos do seu ambiente do cotidiano utilizando força, agilidade, resistência, precisão, noção de espaço, equilíbrio, tempo de reação e criatividade. Não entendeu? Em outras palavras, é sair pelas ruas da cidade escalando muros, se equilibrando em corrimãos ou saltando sobre vãos. O esporte é uma busca pela autonomia do nosso corpo e mente.

E mais
Dragster: consumo de Boeing 747 e velocidade acima de 500 km/h

O Parkour não é regulamentado como um esporte, não tem federação específica e muito menos competição oficial, mas é uma atividade física que pode ser feita em qualquer lugar, acessível para qualquer pessoa que esteja disposta a queimar calorias e se exercitar. Para quem pratica, a dica é simples: basta estar com uma roupa bem confortável, calçar um par de tênis e ter muita, mas muita força de vontade.

Confira o Parkour no vídeo abaixo:


Quando e onde começou?

No fim da década de 80 e começo da década de 90, o francês David Belle se inspirou em seu pai, Raymond Belle, socorrista na guerra do Vietnã e herói do corpo de bombeiros de elite de Paris, e passou a fazer um treinamento visando o desenvolvimento físico e a formação do caráter como uma forma para ser forte e útil às outras pessoas. Tudo isso baseado na disciplina militar Parcours du Combattant.

Confira
Ayrton Senna: relembre dez frases marcantes do eterno ídolo brasileiro

O nome Parkour é uma modificação de Parcours, que, em francês, significa "percurso”. A letra "c" foi substituída pelo "k" para dar um tom mais agressivo, ao passo que a letra "s" foi retirada da nomenclatura pois não é pronunciada no idioma. "Le Parkour" virou apenas Parkour, porque o "Le" é o artigo masculino “o” em francês, não sendo necessária sua pronúncia.

Veja também
Cheerleader: sucesso nos EUA, prática engatinha no Brasil

Não demorou muito para o Parkour chegar ao Brasil e ser praticado nos principais centros urbanos do País. Antes era mais difundido, mas até hoje existem grupos de pessoas que se reúnem para fazer a atividade e também foram montados locais específicos da modalidade, com toda estrutura necessária, espaço livre, obstáculos, muros e outras instalações.

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.