Lance


A onda de protestos realizados nos Estados Unidos por conta do caso de George Floyd, que morreu na última semana após um policial pressionar o joelho na região do seu pescoço por mais de oito minutos, fez com que Jon Jones , atual campeão meio-pesado do UF C, tomasse uma atitude. Enquanto vive uma situação de incertezas na organização, depois de ter frustrada sua negociação para enfrentar Francis Ngannou, o lutador foi às ruas para “proteger” a cidade de Albuquerque, onde mora.

Leia também: Ex-astro da NBA bate em rapaz durante protesto nos EUA: "Espanquei sua bunda"

JON JONES
UFC/REPRODUÇÃO
Jon Jones



“Bones” publicou um vídeo em suas redes sociais no último domingo (31), onde aparece pedindo para que pessoas de máscara o entreguem latas de spray de tinta que elas carregavam. Na legenda da publicação, o lutador pedem para que os “adolescentes” não tornem a situação pior do que já se encontra no momento. Vale ressaltar que há pelos menos cinco dias uma forte onda de protestos vem sendo feita em diversas cidades americanas, ocasionando uma série de confrontos entre protestantes e policiais.

Leia também: Torcida do Corinthians protesta a favor da democracia e fotógrafo fica ferido

- Esta m*** ainda é sobre George Floyd? Por que vocês adolescentes estão destruindo nossas cidades? Como um jovem negro, acredite, também estou frustrado, mas não é deste jeito. Estamos começando a piorar uma situação que já é ruim. Se você realmente tem amor por sua cidade, proteja sua m***. Todos vocês mais velhos precisam falar, ligar para os jovens de suas famílias e pedir que voltem para casa hoje à noite - disse Jones.

    Veja Também

      Mostrar mais