Tamanho do texto

Cindy Dandois, de 35 anos mostrou uma foto de como ficou seu rosto após ser agredida por ex; a atleta, com luta marcada, precisou levar sete pontos

A lutadora Cindy Dandois, de 35 anos, que já foi fo UFC , Invicta FC, Rizin e Bellator, revelou ao site belga "Het Laatste Nieuws" que foi vítima de violência doméstica por parte de um ex-companheiro. Segundo a atleta peso-pena, ela foi atacada na última sexta-feira (25) pelo ex-namorado, que também é lutador, em frente sua casa, em Deurne.

Leia também: Ex-lutador do UFC é preso acusado de violência doméstica

lutadora arrow-options
Reprodução/Instagram
Lutadora mostrou rosto após ser agredida por ex


"Ele não aceitou que eu quisesse seguir em frente e apenas continuar amigos. É ciúmes. Ele me ameaçou o tempo todo, mas nunca levei suas ameaças a sério. Até que ele chegou à minha porta. Eu não esperava nada disso. Antes que eu percebesse, eu fui atingida na cara. Meu nariz está fraturado e agora está torto", disse a lutadora .

Nas redes sociais, Cindy Dandoi s publicou uma foto de seu rosto e dos sete pontos que precisou tomar. Segundo a atleta, ela não quer o ex-preso, mas só que a "deixe em paz" e cubra os custos médicos. Ela deseja se recuperar em breve para poder lutar no próximo dia 15 de dezembro, no  Cage Survivor 14, na Grécia, onde enfrentará Eleni Mytilinaki na luta principal.

Leia também: Conor McGregor dá soco em idoso que recusou seu whisky; assista

"Será uma cicatriz para a vida. Espero que eles possam endireitar meu nariz. Eu deveria ter levado suas ameaças a sério desde o início, mas sempre esperei que ele se acalmasse. Um erro. (...) Eu não sou do tipo que fica chorando. Felizmente, ainda estou aqui. Poderia ter terminado de outra maneira", disse a lutadora .